sicnot

Perfil

Benfica tricampeão

Benfica tricampeão

Benfica Tricampeão

Gritos de vitória e cantigas improvisadas na festa benfiquista em Bissau

O Benfica deu a muitos guineenses uma razão para esquecer a crise política no país e festejar, com muitos gritos de vitória, cantigas improvisadas e abraços em vários locais de Bissau.

Steven Governo

"Hoje temos esta vitória para festejar. Estou muito, muito contente", dizia em voz alta um adepto na sede do Sport Bissau e Benfica.

Ali, como noutros pontos da capital, um ecrã de televisão juntou dezenas de adeptos até ao apito final da partida em Lisboa, a 3.000 quilómetros de distância, mas para os benfiquistas da Guiné era como se lá estivessem.

Gritaram palavras de apoio para o relvado, juntaram-se ao coro do Estádio da Luz e explodiram de alegria com muitos abraços quando o jogo do título chegou ao fim.

"Foi difícil, mas conseguimos", dizia um dos presentes por entre a gritaria, enquanto uma das poucas mulheres no local referia que tinha sido "Jorge Jesus quem deu mais vontade para conquistar o título".

A festa continuou à porta do Benfica de Bissau, onde os carros passavam a apitar e onde os adeptos se começaram a juntar em maior número.

"O Benfica deu-me 35, o Benfica já me deu 35", foi o refrão de uma música improvisada no local pelo benfiquistas que desvalorizaram a conquista na última jornada.

No final, "isso não importa", rematou um adepto, enquanto virava as costas para mostrar a camisola com uma impressão feita de véspera onde se lia: "tricampeões.

Lusa

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares