sicnot

Perfil

Caso Bial

Caso Bial

Caso Bial

Bial garante respeito das "melhores práticas" no ensaio clínico em França

A farmacêutica portuguesa Bial garante que foram seguidas "as melhores práticas médicas internacionais" no ensaio clínico que levou à hospitalização de seis pessoas em França, uma delas em morte cerebral. A empresa acrescenta que está a acompanhar a situação no centro de investigação e no hospital.

© Stefan Wermuth / Reuters

Seis pessoas estão hospitalizadas em França em estado considerado grave, uma delas em morte cerebral, depois de terem participado voluntariamente num ensaio clínico. O teste a uma nova substância analgésica estava a ser conduzido pelo laboratório francês Biotrial para a portuguesa Bial.

Em comunicado, a Bial indica que foi informada de que "cinco [e não seis, como é avançado pelo hospital] participantes apresentaram sintomas graves" no ensaio, que decorria desde junho de 2015 "com um composto experimental".

A farmacêutica acrescenta que "o desenvolvimento desta nova molécula, na área da dor (inibidor da enzima FAAH), segue, desde o início, todas as boas práticas internacionais, com a realização de testes e ensaios pré clínicos, nomeadamente na área da toxicologia".

Contrariamente ao que chegou a ser avançado a substancia ensaiada não contém cannabis.

Entretanto, o Infarmed já garantiu que o medicamento experimental não está a ser usado em nenhum ensaio clínico em Portugal.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31