sicnot

Perfil

Caso CGD

"Situação imperdoável no banco público"

"Situação imperdoável no banco público"

O PSD criticou esta terça-feira o Governo pela forma como está a tratar o dossiê da Caixa Geral de Depósitos, sublinhando ainda que o banco público parece estar a ser gerido por SMS e email. Os sociais-democratas acusam a esquerda de arrogância e prepotência ao não permitir que o ministro das Finanças e António Domingues fossem à comissão de inquérito.

  • PSD diz que situação da CGD está a ser gerida por SMS e email
    0:46

    Caso CGD

    O PSD já reagiu à troca de acusações entre António Domingues e o Governo por causa da saída do presidente da Caixa Geral de Depósitos. Os sociais-democratas dizem que o banco público tem estado a ser gerido por emails e mensagens, e que o facto do processo de recapitalização se iniciar sem uma nova administração em funções é prejudicial para a credibilidade do banco.

  • Troca de acusações entre Domingues e Finanças

    Caso CGD

    A troca de acusações está a subir de tom entre António Domingues e o Ministério de Mário Centeno por causa da saída imediata do presidente da Caixa Geral de Depósitos. Uma fonte ligada a António Domingues garante à SIC que o até agora Presidente nunca disse a Mário Centeno que não queria continuar em funções nos primeiros dias de 2017.

  • Paulo Macedo sem data marcada para tomada de posse da CGD
    1:39

    Caso CGD

    António Domingues não vai sair da liderança da Caixa Geral de Depósitos no final deste ano tal como estava definido. O Banco Central Europeu ainda não deu luz verde à nova equipa, liderada por Paulo Macedo e o presidente demissionário vai ter de ficar no banco até à tomada de posse da nova administração, que ainda não tem data marcada.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52