sicnot

Perfil

Caso CGD

Caso CGD

Caso CGD

Matos Correia demite-se da presidência da Comissão de Inquérito à Caixa

TIAGO PETINGA

José Matos Correia demitiu-se da presidência da Comissão de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos. O vice-presidente do grupo parlamentar do PSD acaba de comunicar formalmente a decisão ao presidente da Assembleia da Repúlica.

José Matos Correia sai em protesto contra o que diz ser o desrespeito dos direitos da minoria que propôs a criação da comissão de inquérito à Caixa.

A demissão surge depois da maioria de esquerda ter recusado os requerimentos do PSD e CDS a solicitarem o acesso à troca de sms entre o ministro das finanças e António Domingues. PS, BE e PCP garantem que o pedido é inconstitucional.

É a primeira vez que um presidente de uma comissão parlamentar de inquérito se demite da função.

PSD e CDS tinham anunciado que pretendiam levar este caso até às últimas consequências. No final da reunião de ontem da Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa, Matos Correia anunciou que iria refletir durante a noite sobre a sua continuidade na função.

  • Esquerda chumba acesso à correspondência entre Centeno e Domingues
    2:15

    Caso CGD

    O presidente da Comissão de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos ameaçou deixar o cargo, após a reunião desta quarta-feira. Matos Correia prometeu uma reflexão sobre se tem condições ou não para continuar no cargo após a polémica dos últimos dias. Na reunião, os partidos da esquerda chumbaram o acesso dos deputados à correspondencência trocada entre Mário Centeno e António Domingues.

  • Polémica sobre a CGD "é uma questão encerrada"
    0:41

    Caso CGD

    Para Marcelo Rebelo de Sousa, a polémica sobre a Caixa Geral de Depósitos é uma questão encerrada. O Presidente da República reafirmou esta quarta-feira ao final da tarde o que já tinha dito durante a manhã, mas aos jornalistas não comenta o acesso que teve às mensagens entre Mário Centeno e António Domingues.

  • "É o único assunto a que PSD e CDS se podem agarrar para fragilizar o Governo"
    5:03

    Caso CGD

    A Direita acusa Mário Centeno de ter perdido toda a credibilidade e autoridade. O ministro esteve esta quarta-feira no Parlamento, numa audição para falar de Orçamento e finanças, mas a polémica da Caixa acabou por marcar a sessão. O tema esteve em análise no Jornal da Noite. Bernardo Ferrão considera que a posição do ministro já está fragilizada mas defende que este é o único assunto a que PSD e CDS-PP se podem agarrar para fragilizar o Governo.

  • "Acesso do Parlamento a SMS pode ser limite difícil de ultrapassar"
    6:16

    Caso CGD

    A Direita acusa Mário Centeno de ter perdido toda a credibilidade e autoridade. O ministro esteve esta quarta-feira no Parlamento, numa audição para falar de Orçamento e finanças, mas a polémica da Caixa acabou por marcar a sessão. O tema esteve em análise na Edição da Noite, por David Dinis, diretor do jornal Público.

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.