sicnot

Perfil

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Cimeira do Clima

Impacto de mais 0,5ºC no planeta muito maior que o que se pensava

Uma diferença na temperatura de 0,5ºC é pouco notória no dia-a-dia, mas entre 1,5ºC e 2ºC na temperatura global do planeta é uma mudança enorme.

Um graffiti de um peixe morto desenhado numa das zonas do reservatório Jaquari, em São Paulo. A seca têm afetado intensamente a região brasileira.

Um graffiti de um peixe morto desenhado numa das zonas do reservatório Jaquari, em São Paulo. A seca têm afetado intensamente a região brasileira.

© STRINGER Brazil / Reuters

Ondas de calor mais prolongadas, maiores secas, menos áreas e produções agrícolas, mais recifes de coral em perigo, são "apenas" algumas das consequências do aumento da temperatura provocada pelas alterações climáticas, revela uma extensa investigação na Alemanha.

O Acordo de Paris contra as alterações climáticas, concluído em dezembro com o consenso de 195 países mais a União Europeia, tem como principal objetivo a manutenção da subida da temperatura média abaixo dos 2ºC. Mas muitos cientistas defendem que deveria ser 1,5ºC em relação à era pré-industrial.

A verdade é que os anos de 2014 e 2015 bateram recordes de temperaturas elevadas, com os primeiros meses de 2016 a registar os valores mais elevados em relação aos mesmos meses de anos anteriores. Em fevereiro, a temperatura global foi 1,34ºC acima da média 1951-1980, segundo dados da NASA.

O principal autor do novo estudo, publicado na revista Earth System Dynamics, Carl Schleussner do Climate Analytics na Alemanha, explicou: "analisámos os modelos usados pelo Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas [da ONU]. Tivémos em conta 11 indicadores desde eventos climáticos extremos, acesso a água, áreas de cultivo, degradação dos corais e aumento do nível do mar. Encontrámos diferenças significativas [entre um aumento de 1,5ºC ou de 2ºC] nos impactos".

Assim, 0,5ºC é a diferença entre um valor limite de calor atual para todo um novo regime climático; uma seca com um aumento de 7% ou de 11%; um aumento do nível do mar em 10 cm no cenário mais quente; água perdida, por exemplo no Mediterrâneo, em 9% com um aumento de temperatura de 1,5ºC ,as de 17%, com um aumento de 2ºC.

  • Fevereiro mais quente desde que há registo
    1:02

    Mundo

    As temperaturas do planeta continuam a bater recordes. O mês de fevereiro foi o mais quente desde que há registo. Os dados foram divulgados pela NASA, e mostram que a temperatura da Terra subiu em média 1,35 graus centígrados. Estes recordes não são novidade, visto que 2015 foi o ano mais quente de sempre. Os ambientalistas garantem que estas temperaturas são um alerta para as alterações climáticas.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29