sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Marinha confirma envolvimento de navio com bandeira portuguesa nas operações de resgate na Líbia

A Marinha Portuguesa confirmou este domingo o envolvimento de um navio com bandeira portuguesa nas operações de buscas e salvamento do naufrágio no mar do mediterrâneo.

O barco que transportava os cerca de 700 imigrantes virou cerca das 00:00 de hoje, nas proximidades do sul da ilha italiana de Lampedusa.

O barco que transportava os cerca de 700 imigrantes virou cerca das 00:00 de hoje, nas proximidades do sul da ilha italiana de Lampedusa.

Alessandro Fucarini / AP

O porta-voz da Marinha, comandante Paulo Vicente, adiantou que o navio com bandeira portuguesa, com o nome "King Jacob", está envolvido nas operações desde as 22:30 de sábado.

Cerca de 700 imigrantes estão desaparecidos no mar mediterrâneo, depois de a traineira onde viajavam com destino a Itália ter naufragado a 60 milhas da costa da Líbia, informam meios de comunicação social locais.

O barco que transportava os cerca de 700 imigrantes virou cerca das 00:00 de hoje, nas proximidades do sul da ilha italiana de Lampedusa.

Segundo o porta-voz da Marinha, o navio com bandeira portuguesa encontrava-se a navegar na zona do naufrágio, tendo sido contactado pelo Centro Coordenador de Buscas e Salvamento Marítimos (MRCC) de Itália para prestar assistência, uma obrigações que todos os navios têm quando existe situações graves. 

O comandante Paulo Vicente disse que o navio com bandeira portuguesa participa nas operações de buscas e salvamento, juntamente com 30 navios e três helicópteros.

O navio tem bandeira portuguesa, mas a Marinha desconhece se os tripulantes têm nacionalidade portuguesa.

Lusa
  • "É abusivo falar de fuga ao fisco"
    4:10

    Economia

    Dez mil milhões de euros é o valor de que se fala das transferências para contas offshore, que terão escapado à Autoridade Tributária. O número impressiona, mas é preciso notar que este dinheiro é capital que sai do país e o capital não está sujeito ao pagamento de imposto só porque sai do país. O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro esteve no Jornal da Noite para dar mais explicações sobre o caso.