sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Ministros da Administração Interna reunidos em Bruxelas para decidir distribuição dos refugiados

Os ministros do Interior e Administração Interna da União Europeia estão em Bruxelas para discutir a distribuição de 160 mil refugiados entre os Estados-membros.

© Eric Vidal / Reuters

A reunião ainda está a decorrer, mas até agora o conselho deu luz verde ao mecanismo temporário de emergência para distribuir 40 mil refugiados. Durante as próximas semanas, vão começar a ser recolocados em vários estados membros.

Fica a faltar discutir o plano de repatrição de mais 120 mil refugiados proposto pela Comissão Europeia. Em causa está o cariz vinculativo e distribuição de pessoas por quotas. O Reino Unido já avisou que não vai participar e a Eslováquia diz que o sistema de quotas obrigatório não é solução.

A agência Reuters avança que essa medida pode cair por terra e o jornal britânico The Guardian adianta que caso o conselho não aceitasse a proposta da comissão europeia, a alternativa seria a construção de centros de acolhimento em itália, na Grécia e fora da União Europeia.

  • Marcelo promete entregar carta de menina com paralisia cerebral ao primeiro-ministro
    3:05

    País

    O Presidente da República está preocupado com os cuidadores dos cidadãos que precisam de cuidados paliativos. No Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, que se assinalou este sábado, Marcelo Rebelo de Sousa visitou a Casa do Tejo, em Algés, onde três famílias de crianças com paralisia cerebral e outros problemas de saúde são recebidas em conjunto com os pais para que toda a famíla possa receber apoio de técnicos especializados. O Presidente recebeu uma carta de uma menina de 5 anos, com paralisia cerebral, e prometeu que a vai entregar ao primeiro-ministro, para que seja aberta uma porta legislativa mais larga para os problemas das pessoas deficientes.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02