sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Coreia do Norte culpa EUA pela crise de refugiados na Europa

A Coreia do Norte afirmou hoje que a culpa da crise de refugiados na Europa é do "império do mal", ou seja, dos Estados Unidos da América, responsáveis por guerras nos países de onde as pessoas estão a fugir.

© Yannis Behrakis / Reuters

Num comunicado citado pela agência KCNA, o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte censurou as "intoleráveis" críticas a Pyongyang no que toca a direitos humanos, quando, a seu ver, é Washington que deve ser alvo de crítica.

"Os Estados Unidos são um império do mal (...), cometem todo o tipo de abusos aos direitos humanos", disse.

O porta-voz deu como exemplo a fuga de centenas de milhares de pessoas de países em guerra como a Síria e o Afeganistão, que tentam encontrar abrigo na Europa: "Foram os Estados Unidos que causaram o grave problema dos refugiados".

"Como os Estados Unidos começaram guerras no Afeganistão, Iraque, Líbia, Síria e noutras partes do mundo, e alimentaram guerras civis sob o pretexto da guerra ao terrorismo e do estabelecimento de democracia, os refugiados têm registado um aumento acentuado", acrescentou.

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13