sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Coreia do Norte culpa EUA pela crise de refugiados na Europa

A Coreia do Norte afirmou hoje que a culpa da crise de refugiados na Europa é do "império do mal", ou seja, dos Estados Unidos da América, responsáveis por guerras nos países de onde as pessoas estão a fugir.

© Yannis Behrakis / Reuters

Num comunicado citado pela agência KCNA, o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte censurou as "intoleráveis" críticas a Pyongyang no que toca a direitos humanos, quando, a seu ver, é Washington que deve ser alvo de crítica.

"Os Estados Unidos são um império do mal (...), cometem todo o tipo de abusos aos direitos humanos", disse.

O porta-voz deu como exemplo a fuga de centenas de milhares de pessoas de países em guerra como a Síria e o Afeganistão, que tentam encontrar abrigo na Europa: "Foram os Estados Unidos que causaram o grave problema dos refugiados".

"Como os Estados Unidos começaram guerras no Afeganistão, Iraque, Líbia, Síria e noutras partes do mundo, e alimentaram guerras civis sob o pretexto da guerra ao terrorismo e do estabelecimento de democracia, os refugiados têm registado um aumento acentuado", acrescentou.

Lusa

  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33