sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 23.000 refugiados entraram na Hungria nos últimos três dias

As autoridades húngaras intercetaram 23.001 refugiados que entraram no país de forma ilegal entre sexta-feira e domingo, elevando o número total de entradas nesse ano a 357.000, informou hoje a polícia húngara.

© Leonhard Foeger / Reuters

No domingo, o número de refugiados a entrar no país foi de 7.879, tendo entrado na sua maioria através da fronteira com a Croácia, mas o maior fluxo registado até ao momento foi a 23 de setembro, quando as autoridades intercetaram 10.046 pessoas.

A grande maioria desses migrantes, que estão a fugir dos conflitos no Médio Oriente, não permanecem na Hungria, continuando a viagem até aos países europeus mais ricos, principalmente a Alemanha, aonde esperam obter asilo.

A Hungria encerrou a sua fronteira com a Sérvia no dia 15 de setembro, desviando assim a rota dos refugiados para a Croácia, país que por sua vez transporta essas pessoas até à fronteira com a Hungria, que facilita o transporte até à Áustria.

No entanto, Budapeste espera também fechar a sua fronteira com a Croácia nas próximas semanas, a fim de acabar com a movimentação de migrantes, por isso, é esperado um novo desvio na rota dos refugiados, que passaria pela Eslovénia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros húngaro, Péter Szijjártó, anunciou na semana passada que o grupo de Visegrado (formado por Hungria, Polónia, República Checa e Eslováquia) cooperará com Budapeste na defesa das suas fronteiras, enviando soldados e polícias ao país.

Szijjártó declarou ainda que os detalhes desse acordo serão concretizados na próxima reunião do Conselho Europeu, agendada para quinta e sexta-feira, em Bruxelas.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.