sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Afegão morto quando atravessava fronteira para entrar na Bulgária

Um migrante afegão foi atingido a tiro, por uma bala de aviso disparada pela polícia, quando tentava atravessar a fronteira entre a Bulgária e a Turquia na noite de quinta-feira. Acabou por morrer a caminho do hospital, revelou o Ministério do Interior búlgaro.

© Stoyan Nenov / Reuters

"Um grande grupo de migrantes ilegais tentou entrar na Bulgária através da fronteira com a Turquia. Um homem levou um tiro durante o incidente e acabou por morrer quando estava a ser transportado para o hospital", afirmou o porta-voz do Ministério do Interior em declarações à agência de notícias francesa AFP.

O incidente aconteceu perto da fronteira a sudoeste da Bulgária, próximo da cidade de Sredets, acrescentou aquela fonte citada pela AFP.

A vítima viajava com cerca de meia centena de refugiados com idades entre os 20 e os 30 anos. As autoridades dizem que o grupo ofereceu resistência e um deles acabou por ser atingido por uma bala que fez ricochete.

Este caso está a ser investigado e já obrigou ao regresso antecipado do primeiro-ministro búlgaro que estava em Bruxelas para a Cimeira de líderes e chefes de estado da União Europeia.

Na travessia ferroviária do Canal da Mancha também morreu mais um migrante. Foi colhido por um comboio de mercadorias perto de Calais, em França.
O corpo foi descoberto pelos bombeiros na estação de Coquelles, no norte do país.

Ainda não foi possível identificar a vítima. Desde junho, já morreram 16 pessoas no Túnel da Mancha, na tentativa de chegar ao Reino Unido.

Com Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira