sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Afegão morto quando atravessava fronteira para entrar na Bulgária

Um migrante afegão foi atingido a tiro, por uma bala de aviso disparada pela polícia, quando tentava atravessar a fronteira entre a Bulgária e a Turquia na noite de quinta-feira. Acabou por morrer a caminho do hospital, revelou o Ministério do Interior búlgaro.

© Stoyan Nenov / Reuters

"Um grande grupo de migrantes ilegais tentou entrar na Bulgária através da fronteira com a Turquia. Um homem levou um tiro durante o incidente e acabou por morrer quando estava a ser transportado para o hospital", afirmou o porta-voz do Ministério do Interior em declarações à agência de notícias francesa AFP.

O incidente aconteceu perto da fronteira a sudoeste da Bulgária, próximo da cidade de Sredets, acrescentou aquela fonte citada pela AFP.

A vítima viajava com cerca de meia centena de refugiados com idades entre os 20 e os 30 anos. As autoridades dizem que o grupo ofereceu resistência e um deles acabou por ser atingido por uma bala que fez ricochete.

Este caso está a ser investigado e já obrigou ao regresso antecipado do primeiro-ministro búlgaro que estava em Bruxelas para a Cimeira de líderes e chefes de estado da União Europeia.

Na travessia ferroviária do Canal da Mancha também morreu mais um migrante. Foi colhido por um comboio de mercadorias perto de Calais, em França.
O corpo foi descoberto pelos bombeiros na estação de Coquelles, no norte do país.

Ainda não foi possível identificar a vítima. Desde junho, já morreram 16 pessoas no Túnel da Mancha, na tentativa de chegar ao Reino Unido.

Com Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC