sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mais de 613 mil chegaram à Europa em 2015 via Mediterrâneo

Mais de 613.000 migrantes chegaram à Europa atravessando o Mediterrâneo em 2015 e mais de 3.100 morreram ou estão desaparecidos, anunciou hoje a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

© Fotis Plegas G / Reuters

Do total de 613.000, perto de 473.000 migrantes chegaram à Grécia e cerca de 137.000 outros alcançaram Itália, adiantou a organização.

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), a maioria dos que chegaram são sírios, que representam 69% dos que atingem a Grécia.

Adrian Edwards, porta-voz do ACNUR, indicou que o mês de outubro tem sido mais calmo que o de setembro, exceto nos últimos dois dias. Na quarta-feira, 85 embarcações chegaram à ilha grega de Lesbos, ponto de entrada Europa para uma grande parte dos migrantes que partem da Turquia.

"O aumento nas chegadas poderá ser o resultado de uma melhoria temporária do tempo, de uma tentativa para evitar o inverno e do medo das fronteiras europeias poderem encerrar em breve", explicou Edwards num encontro com a imprensa em Genebra.

O porta-voz disse existirem atualmente "cerca de 3.500 a 4.000 migrantes no lado norte da ilha" e que as transferências de autocarro para os centros de acolhimento foram interrompidas devido à superlotação destes.

O aumento nas chegadas agrava uma situação já caótica na ilha de Lesbos e, segundo Edwards, na quinta-feira, "o pessoal do ACNUR teve de ser retirado por algum tempo de um centro de registo devido à ocorrência de violência".

Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07