sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Portugal contribuiu com 340 mil euros para combate à crise de refugiados

Portugal contribuiu até ao momento com ajudas financeiras de 340 mil euros no quadro do combate à crise de refugiados, segundo dados sobre os compromissos e ações dos Estados-membros, que Bruxelas passa a divulgar a partir de hoje.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Michaela Rehle / Reuters

Os presidentes da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do Conselho Europeu, Donald Tusk, enviaram hoje uma carta a todas as capitais com um ponto da situação sobre a aplicação das medidas acordadas na União Europeia para enfrentar a crise de refugiados, e na qual instam os 28 a honrar as promessas feitas e a concretizar as medidas decididas, algo que ainda está longe de acontecer, segundo os dados agora divulgados, e que serão constantemente disponibilizados e atualizados "online".

A nível dos contributos financeiros, e desde a cimeira extraordinária sobre migrações celebrada a 23 de setembro, na qual foram acordados diversos compromissos, os 28 Estados-membros concretizaram apoios financeiros, em diversos domínios, no montante global de 515 milhões de euros, estando ainda "em falta" 2.284 milhões de euros, ou seja, a grande parte das promessas feitas, algo que tem vindo a ser insistentemente lembrado por Juncker.

De acordo com os dados do executivo comunitário, Portugal confirmou até ao momento 250 mil euros para o Fundo para a África, tendo sido um dos 10 Estados-membros a concretizar contributos para este instrumento, no total de 28,8 milhões de euros, verba ainda muito distante da desejada por Bruxelas (faltam 1,7 mil milhões de euros).

Sem ter ainda concretizado ajudas financeiras para o Fundo para Síria nem para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Portugal confirmou ainda 90 mil euros para o Programa Alimentar Mundial, tendo sido um dos 15 países a fazê-lo.

Ao nível de outros contributos para a resposta da UE à crise migratória, designadamente de meios para o mecanismo de emergência de recolocação de refugiados, Portugal respondeu com 12 agentes ao apelo da agência europeia de gestão de fronteiras (Frontex), que solicitou aos Estados-membros o envio de guardas-fronteiriços, já designou pontos de contacto nacional, oficiais de ligação em Itália e Grécia, e já tornou disponíveis 130 lugares para refugiados (faltando assim 2.951, com base na "quota" que lhe foi atribuída).

Lusa

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívida como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.