sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

UE registou 800 mil "entradas ilegais" em 2015

Este ano registaram-se 800 mil "entradas ilegais" de migrantes na União Europeia, disse o diretor executivo da Frontex, a agência de controlo de fronteiras europeia, numa entrevista ao jornal alemão Bild, hoje publicada.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Scanpix Sweden / Reuters

Alertando que o fluxo de migrantes provavelmente ainda não "atingiu o seu pico", Fabrice Leggeri apelou aos países europeus que travem os migrantes a quem foi negado asilo, para que possam "rapidamente" ser enviados de volta aos seus países de origem.

"Os Estados-membros da União Europeia têm de se preparar para o facto de ainda termos de enfrentar uma situação muito difícil nos próximos meses", acrescentou Leggeri.

No mês passado, a Frontex avançou que 710.000 migrantes tinham entrado na União Europeia nos primeiros nove meses do ano, mas alertou para o facto de muitas pessoas terem sido contabilizadas duas vezes.

A 13 de outubro, a agência disse que "a passagem irregular das fronteiras pode ser tentada pela mesma pessoa várias vezes".

"Isto significa que um grande número de pessoas que foram contadas quando chegaram à Grécia foram novamente contabilizadas quando entraram na União Europeia pela segunda vez, através da Hungria ou da Croácia", explicou a agência.

De acordo com os dados mais recentes da agência para os refugiados da ONU, mais de 744.000 cruzaram o Mediterrâneo este ano, a maioria em direção à Grécia.

Hoje, o primeiro grupo de 30 migrantes partiu de Atenas para Luxemburgo, ao abrigo do plano europeu para redistribuir as pessoas pelos 28 Estados membros, de modo a aliviar a pressão em países como a Grécia e a Itália.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC