sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

M.I.A. viaja com refugiados no vídeo da música "Borders"

A rapper M.I.A. estreou hoje o vídeo correspondente à música "Borders" ("Fronteiras"). A tradução do título para português é importante para nos contextualizarmos: nas imagens, a artista surge a acompanhar refugiados numa viagem perigosa para a Europa. Daquelas que, nos últimos tempos, nos habituámos a ver na televisão e nos jornais.

A maior parte dos artistas seria incapaz de abordar um assunto tão grave como a crise dos refugiados numa música. Não é o caso de M.I.A., cujo álbum novo se baseia em politizar a pop, uma vez mais. "O Mundo de que falei há cerca de 10 anos, ainda é o mesmo", postou a cantora, recentemente no Twitter. "É por isso que é difícil para mim dizê-lo, de novo, num novo trabalho."

Mathangi Maya Arulpragasam é M.I.A. (que significa "Missing In Action"). Tem origem tâmil e nasceu no Sri Lanka a 18 de julho de 1975. É ativista, o que influencia, naturalmente, a maneira como se move na música. E "Borders", cujo vídeo estreou hoje, é apenas mais uma que prova de que a rapper continua a ser única na capacidade de implementar ideias sobre a cultura pop e os temas globais importantes. O vídeo foi dirigido pela própria e faz uma afirmação sobre a crise de migração contínua, castiga a resposta dos políticos europeus e lamenta a construção de barreiras para impedir a entrada de imigrantes em vários países.

Numas imagens podemos ver as perigosas viagens dos migrantes, com barcos carregados de refugiados; noutras, cercas com arame farpado. No que diz respeito à música, "Borders" funde os estilos orientais e ocidentais e a letra questiona o tecido da sociedade moderna - política, identidades, privilégio, internet e smartphones, tal como noticia o The Guardian.

O quinto disco de M.I.A. vai ser lançado pela Interscope Records.

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Cerca de uma centena de granadas e várias munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Só 40% das multas por falta de limpeza dos terrenos foram cobradas em 2016
    1:43

    País

    Este ano, a Guarda Nacional Republicana já autuou mais de 660 proprietários de terrenos, que não cumpriram as regras de prevenção e proteção das florestas contra incêndios, sobretudo as de limpeza. Em 2016, das mais de duas mil multas passadas pela GNR, só 40% foram cobradas. Relativamente a este ano, apenas um terço das multas foram pagas.

  • Porto Design Factory: um lava-louças com tecnologia ultrassom e muitas outras coisas
    1:45
  • Jovens participam na maior competição nacional de aplicações
    2:10

    País

    O presente e o futuro passam cada vez mais pelas novas tecnologias, sobretudo as aplicações. Alunos de cerca de 100 escolas estão a participar na terceira edição da Apps For Good, a maior competição nacional de aplicações desenvolvidas por jovens, que decorre em Matosinhos.

  • O iPhone faz 10 anos
    2:01