sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Alemanha já registou quase um milhão de pedidos de asilo este ano

A Alemanha registou, em novembro, 206.101 requerentes de asilo, um novo recorde para o país que recebeu desde o início do ano 964.574 migrantes, anunciou hoje o ministério do Interior alemão.

Refugiados aguardam numa tenda em Berlim por autorizações.

Refugiados aguardam numa tenda em Berlim por autorizações.

© Fabrizio Bensch / Reuters

Em outubro, a Alemanha recebeu 181.166 migrantes, quando o número oficial total para o corrente ano era de 800 mil migrantes. Atualmente, as autoridades alemãs prevêem ultrapassar o milhão de requerentes de asilo até ao fim do ano.

Estes dados do ministério são obtidos através do sistema EASY alemão que conta os migrantes que deverão chegar ao país e pedir asilo, mas que ainda não o fizeram.

Os dados não precisam a nacionalidade dos migrantes. Em estatísticas anteriores, os sírios e os afegãos formavam o maior contingente, 88.640 e 31.000, respetivamente, em outubro.

Em comunicado, o ministério referiu que os procedimentos administrativos estão a demorar, em média, 2,9 meses para os nacionais do Kosovo e 14,9 meses para os paquistaneses.

Em média, os pedidos apresentados pelos sírios são tratados em 3,4 meses.

"A redução significativa da duração dos procedimentos" resulta da "prioridade dada" pelo Gabinete central dos refugiados (BAMF, sigla em alemão) aos pedidos de países considerados seguros, como os dos Balcãs - cujos naturais não têm qualquer possibilidade de obter autorização para ficar na Alemanha - e os países considerados como perigosos, como a Síria, explicou o ministério no comunicado.

Na passada semana, a ONU anunciou que o número de migrantes chegados à Europa pelo mar Mediterrâneo tinha descido mais de um terço em novembro, relativamente ao mês anterior, devido às condições climáticas e à luta contra os traficantes na Turquia.

De acordo com o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), cerca de 140 mil migrantes e refugiados atravessaram o Mediterrâneo com destino à Europa em novembro, ou seja, menos 36,5% do que no mês de outubro (220.535).

A Alemanha, primeiro país de acolhimento na Europa, não deixou de sublinhar, pela voz da chanceler Angela Merkel, que os países da UE, muito reticentes no acolhimento de mais migrantes, têm o dever moral de receber refugiados da guerra ou da repressão.

Mas o governo agravou as medidas relativamente aos procedimentos nos casos de novos migrantes, para tentar reduzir as chegadas. A política de "porta aberta" de Merkel é cada vez mais criticada, sobretudo, no próprio partido.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.