sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgata e apoia 205 migrantes em dez horas de patrulha na Grécia

A Polícia Marítima portuguesa em missão na Grécia resgatou e apoiou 205 migrantes em dez horas de patrulha, elevando para 1.701 os refugiados e migrantes já resgatados, segundo um comunicado hoje divulgado.

© Yannis Behrakis / Reuters

Foram resgatadas 105 pessoas de duas embarcações que se encontravam em grandes dificuldades para realizar a travessia entre a Turquia e a ilha grega de Lesbos. Foram ainda apoiadas pela Polícia Marítima outras 100 pessoas de mais duas embarcações no mar Egeu.

Estes resgates e apoio a migrantes ocorreram na sexta-feira e foram hoje comunicados pela Autoridade Marítima Nacional.

"Após avaliadas as condições de flutuabilidade e navegação das quatro embarcações, as condições climatéricas e sobretudo as condições em que se encontravam todos os emigrantes e refugiados, a equipa da Polícia Marítima (PM) decidiu resgatar para o interior da embarcação Tejo todos os bebés, crianças, mulheres e alguns homens de duas embarcações", refere o comunicado da PM hoje divulgado.

As duas embarcações em que seguiam os migrantes eram "bastante fracas", sem capacidade para transportar todas as pessoas que seguiam a bordo e já se encontravam a meter água.

Os homens que não foram resgatados permaneceram nos respetivos botes, que foram rebocados em segurança até ao porto de Skala Sikamineas, na Grécia.

A equipa da Polícia Marítima apoiou ainda um bebé de um ano que corria o risco de entrar em hipotermina.

No porto onde desembarcaram todos os que seguiam nestas embarcações, encontravam-se equipas médicas de Organizações Não-Governamentais que deram apoio ao bebé e aos restantes migrantes.

As outras duas embarcações, com cerca de 50 pessoas a bordo em cada, foram escoltadas pela Polícia Marítima para garantir que todos chegavam em segurança à praia de Yeorgios e ao porto de Skala Sikamineas.

Até ao momento, a Polícia Marítima em missão na Grécia já resgatou 1.701 refugiados e migrantes, dos quais 374 bebés e crianças. A missão da PM no mar Egeu termina no dia 30 de setembro do próximo ano.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31