sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Noruega suspende retorno de migrantes através da fronteira com a Rússia

A Noruega anunciou hoje a suspensão temporária do controverso retorno de migrantes através da fronteira com a Rússia, respondendo a um pedido de Moscovo.

© Stringer Russia / Reuters

"O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia esteve ontem [sexta-feira] em contacto com as autoridades norueguesas sobre o retorno dos requerentes de asilo via Storskog", disse o ministro, numa referência à passagem da fronteira, a 400 quilómetros, a norte do ártico.

"Até nova ordem, não haverá mais nenhum regresso através de Storskog. As autoridades fronteiriças russas querem mais coordenação nestes regressos", adiantou o ministro, através de um comunicado.

Falando em Davos para o canal televisivo norueguês NRK, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Noruega, Borge Brende, disse que os russos fizeram este pedido, alegando "razões de segurança".

Perto de 5.500 migrantes -- a maioria oriundos da Síria, Afeganistão, Iraque e Irão -- cruzou a Noruega através da Rússia no último ano, na última etapa do Ártico para a Europa.

Lusa

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.