sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Mulheres refugiadas no Libano vítimas de exploração e assédio sexual

As mulheres sírias refugiadas no Líbano, mais vulneráveis devido à queda da ajuda internacional e ao endurecimento das condições de acolhimento, são vítimas de exploração e assédio sexual, denunciou hoje a Amnistia Internacional.

 ministra do Desenvolvimento das Mulheres e da Criança da Índia, Maneka Gandhi

ministra do Desenvolvimento das Mulheres e da Criança da Índia, Maneka Gandhi

© Youssef Boudlal / Reuters

Em relatório publicado antes da conferência de dadores para a Síria, prevista para quinta-feira em Londres, a Amnistia apela à comunidade internacional para que aumente o seu apoio financeiro e faça mais esforços para realojar os refugiados sírios, que saíram do seu país em massa desde 2011.

Segundo a organização de defesa dos direitos humanos, 70% dos refugiados sírios no vizinho Líbano, cujo número ultrapassa o milhão, vivem abaixo do limite de pobreza definido no país.

Os refugiados que beneficiam de assistência estão confrontados com restrições severas, dado que os fundos dos dadores entregues à Organização das Nações Unidas estão aquém das necessidades.

Segundo a Amnistia, as mulheres refugiadas estão particularmente expostas à exploração. Muitas testemunharam o pagamento de remunerações extremamente baixas e exigência de alugueres de habitação exorbitantes. Algumas dizem-se vítimas de assédio sexual por parte dos seus patrões e até da polícia.

"Quer sejam mal pagas ou vivam em habitações sujas, mal isoladas e infestadas de ratos, a falta de estabilidade financeira provoca imensas dificuldades às mulheres refugiadas e encoraja as pessoas em situação de força a abusar delas", denunciou Kathryn Ramsay, investigadora da Amnistia.

O reforço das restrições no Líbano impede que numerosos refugiados renovem a autorização de residência, o que os coloca em situação de ilegalidade e a não se queixarem das situações de abuso, adiantou a organização.

O Líbano confronta-se com um afluxo massivo de refugiados, que já representam um quarto da sua população de quatro milhões, e endureceu desde 2015 as condições de acolhimento para os sírios.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.