sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Comissário da ONU para os refugiados diz que a Europa falhou na resposta à crise migatória

A Europa «falhou completamente» na resposta à crise dos refugiados, afirmou em entrevista a um jornal alemão o Alto-comissário para os refugiados das Nações Unidas, Filippo Grandi.

(Arquivo)

(Arquivo)

© POOL New / Reuters

«No que diz respeito ao registo e partilha (dos refugiados), a cooperação e a solidariedade europeias fracassaram completamente», disse na entrevista ao Frankfurter Allgemeine, a divulgar sexta-feira.

O italiano, que assumiu funções a 1 de janeiro, também advertiu contra os países europeus que fecharam as suas fronteiras, que bloquearam muitos refugiados, já em perigo, na Grécia.

«O nosso medo é que o encerramento das fronteiras nacionais na Europa possa levar centenas de milhares de refugiados a permanecerem na Grécia», afirmou, num excerto da entrevista hoje divulgado.

«A nossa mensagem destinada à Europa é: organizassem e lidem com a situação. Se a nossa ajuda for necessária, nós estaremos lá», salientou.

Filippo Grandi apontou também o dedo ao acordo alcançado na União Europeia no verão passado sobre a partilha de 160.000 refugiados e que não deu em mada.

Apenas 583 «deslocalizaçõe» foram realmente a avante devido à lentidão de certos países, nomeadamente no leste do continente.

«Sim, é importante que seja aplicado o sistema de partilha, mas vai ser difícil», disse o funcionário da ONU.

Mais de um milhão de migrantes chegou à Europa através do mar o ano passado.

Lusa

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.