sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Comissário da ONU para os refugiados diz que a Europa falhou na resposta à crise migatória

A Europa «falhou completamente» na resposta à crise dos refugiados, afirmou em entrevista a um jornal alemão o Alto-comissário para os refugiados das Nações Unidas, Filippo Grandi.

(Arquivo)

(Arquivo)

© POOL New / Reuters

«No que diz respeito ao registo e partilha (dos refugiados), a cooperação e a solidariedade europeias fracassaram completamente», disse na entrevista ao Frankfurter Allgemeine, a divulgar sexta-feira.

O italiano, que assumiu funções a 1 de janeiro, também advertiu contra os países europeus que fecharam as suas fronteiras, que bloquearam muitos refugiados, já em perigo, na Grécia.

«O nosso medo é que o encerramento das fronteiras nacionais na Europa possa levar centenas de milhares de refugiados a permanecerem na Grécia», afirmou, num excerto da entrevista hoje divulgado.

«A nossa mensagem destinada à Europa é: organizassem e lidem com a situação. Se a nossa ajuda for necessária, nós estaremos lá», salientou.

Filippo Grandi apontou também o dedo ao acordo alcançado na União Europeia no verão passado sobre a partilha de 160.000 refugiados e que não deu em mada.

Apenas 583 «deslocalizaçõe» foram realmente a avante devido à lentidão de certos países, nomeadamente no leste do continente.

«Sim, é importante que seja aplicado o sistema de partilha, mas vai ser difícil», disse o funcionário da ONU.

Mais de um milhão de migrantes chegou à Europa através do mar o ano passado.

Lusa

  • Um homem de 83 anos é a 42.ª vítima dos incêndios
    1:27

    País

    Subiu para 42 o número de vítimas mortais nos incêndios deste domingo. Um homem de 83 anos foi encontrado sem vida em Lugar de Covelo, em Vouzela. O número de feridos mantém-se, 14 estão em estado grave. A maior parte das mortes aconteceu no distrito de Coimbra (20) e Viseu (19). Segundo a Proteção Civil, já não há desaparecidos. Sete pessoas estavam dadas como desaparecidas e apenas uma foi encontrada sem vida. Um bebé de poucos meses tinha sido dado como morto, mas foi encontrado com vida.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08