sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Cerca de 6 mil migrantes bloqueados na fronteira greco-macedónia

A fronteira entre a Grécia e a Macedónia fechou novamente hoje após as autoridades de Skopje terem deixado passar 300 migrantes, estimando-se em cerca de 6 mil o total de pessoas bloqueadas no lado grego, indicou a polícia helénica. Horas antes, a polícia da Macedónia envolveu-se em confrontos com refugiados e lançou gás lacrimogéneo para impedir a entrada, depois dos migrantes terem lançado pedras.

reuters

Os 300 migrantes que conseguiram de madrugada entrar na Macedónia eram sobretudo iraquianos e sírios, depois de, no dia anterior, ter encerrado a fronteira.

A Macedónia é o primeiro país da "rota dos Balcãs" escolhido pelos migrantes que atingem as ilhas gregas oriundos da costa da Turquia e que pretendem seguir para a Europa central e do norte.

Após as restrições impostas na semana passada pela Áustria, Croácia e Eslovénia, três países da União Europeia (UE), bem como pela Macedónia e Sérvia, que limitaram o número de entradas nos dois países, a Grécia advertiu que o atual número de refugiados no seu território, atualmente em cerca de 22.000, poderá subir rapidamente para 70.000.

Segundo a comunicação social grega, o Governo de Atenas vai reunir-se hoje para elaborar um "plano de emergência" para tentar ultrapassar a situação.

Atenas tem protestado com frequência contra as "decisões unilaterais" de vários países da UE, nomeadamente contra a Áustria, face à crise migratória.

Na sexta-feira passada, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, apelou a uma "partilha proporcional" das responsabilidades por todos os Estados membros para que se possa preservar a união da Europa.

Por seu lado, a chanceler alemã, Angela Merkel, reafirmou no domingo que a UE "não pode deixar cair a Grécia no caos" devido ao fluxo migratório.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.