sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Reino Unido ajuda a França a melhorar situação dos refugiados em Calais

O Reino Unido vai contribuir com mais 22 milhões de euros para ajudar a França a melhorar a situação dos refugiados em Calais.

© Pascal Rossignol / Reuters

Esta foi uma das decisões anunciadas hoje na cimeira Franco-Britânica que decorreu em Amiens no norte de França. A situação dos refugiados foi o tema principal da reunião. Os 22 milhões de euros anunciados vão somar-se aos mais de 60 milhões que Londres já deu para ajudar à gestão desta crise.

O anúncio do aumento da contribuição britânica aconteceu horas depois do ministro francês das finanças ter dito numa entrevista que o país deveria abrir as fronteiras aos migrantes para o Reino Unido, caso Londres decida, no referendo, sair da União Europeia.

As autoridades francesas desmantelaram nos últimos dias a zona sul do campo de Calais, uma operação que levou a confrontos entre a polícia e os migrantes.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20