sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Primeiro-ministro turco refere-se a dia histórico após acordo com UE

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, referiu-se hoje a "um dia histórico" após ter assinado um acordo sobre a crise das migrações e dos refugiados com os 28 Estados-membros da União Europeia (UE).

© Francois Lenoir / Reuters

"É um dia histórico porque alcançámos um acordo muito importante entre a Turquia e a UE", declarou Davutoglu no decurso de uma conferência de imprensa em Bruxelas.

"Hoje concluímos que a Turquia e a UE possuem o mesmo destino, os mesmos desafios e o mesmo futuro", assegurou.

O acordo firmado inclui medidas inéditas e controversas, com a mais significativa a consistir no reenvio para a Turquia de todos os novos migrantes irregulares que chegarem a Grécia a partir de 20 de março, incluindo os requerentes de asilo.

A UE compromete-se em acolher um refugiado sírio proveniente de território turco por cada sírio readmitido na Turquia a partir da Grécia, uma decisão justificada pela necessidade de os demover da perigosa travessia em embarcações controladas pelos traficantes.

Em troca, a Turquia obteve a promessa da liberalização dos vistos para os cidadãos turcos que pretendem deslocar-se aos países da União, a duplicação da ajuda dos refugiados para 6 mil milhões de euros -- a Turquia acolhe cerca de 2,7 milhões de sírios --, e o relançamento das negociações de adesão com a abertura de um novo capítulo (Finanças e orçamento).

Assim, serão deportados todos os imigrantes que não pretendam solicitar um pedido asilo ou não cumpram os requisitos para receber esse estatuto.

A Turquia e a Grécia, apoiadas pelas instituições e agências da UE, tomarão as medidas necessárias para assegurar que o sistema funcione na prática.

A UE compromete-se a cumprir os custos das operações de retorno.

O acordo inclui o chamado mecanismo "um por um", pelo qual por cada sírio devolvido à Turquia a UE compromete-se a aceitar por vias legais um outro sírio proveniente desse país, e indica que o processo será concretizado de acordo com os critérios de vulnerabilidade da ONU e que concedem prioridade às pessoas mais frágeis, incluindo mulheres e crianças.

O acordo concede ainda prioridade a todos os imigrantes que não tentam entrado ou tentado entrar previamente no espaço da União.

Lusa

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívida como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.