sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Maioria dos búlgaros apoia patrulhas nacionalistas de detenção de migrantes

Mais de metade dos búlgaros apoiam as patrulhas de nacionalistas - batizadas pelos meios de comunicação social como "Caça imigrantes" - que detêm migrantes ilegais que entram na Bulgária a partir da Turquia, segundo uma sondagem divulgada hoje.

© Marko Djurica / Reuters

A sondagem da Alpha Research, encomendada pela cadeia de televisão privada, Nova TV, aparece numa altura em que as ações destes grupos estão a provocar um debate no país, depois da detenção pela polícia búlgara e acusação pelo Ministério Público búlgaro de um nacionalista por levar a cabo esta prática.

Ascende a 29,4 por cento o número de inquiridos que apoiam as "prisões civis" praticadas por estes grupos, com o argumento de que protegem a pátria, enquanto outros 25,4% mostram-se tendencialmente a favor.

Quase todos os participantes na sondagem, nove em cada dez, temem que uma onda migratória se traduza nos crescimentos dos atos criminosos e numa ameaça de atentados, enquanto cerca de 75% acredita que os imigrantes constituem um risco para a saúde pública.

O Ministério Público da cidade de Burgas, sudeste do país, acusou na semana passada por detenção ilegal e furto um dos convertidos "caça-imigrantes", que enfrenta uma pena de prisão até seis anos, se vier a ser condenado.

O acusado, Petar Nizamov, de 31 anos, está na origem de uma polémica no país por ter difundido no início de abril um vídeo em que aparece vestido com fardas militares com outros nacionalistas, numa ação em que o grupo detém e ameaça três afegãos que acabam de atravessar ilegalmente a fronteira entre a Bulgária e a Turquia.

Antes deste incidente, outro nacionalista, Dinko Valev, deteve um grupo de refugiados sírios e converteu-se numa celebridade nacional, o que impulsionou outros a imitarem a ação.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.