sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Corpos de 87 imigrantes recuperados numa praia na Líbia

Os corpos de 87 migrantes, que morreram ao tentar entrar na Europa, foram recuperados, nos últimos três dias, numa praia de Sabrata, uma cidade costeira no oeste da Líbia, indicou hoje um porta-voz local.

Desde sexta-feira, uma equipa de voluntários "recuperou os corpos de 87 migrantes", indicou um porta-voz do conselho municipal de Sabrata, a 70 quilómetros oeste de Tripoli.

No domingo, 41 corpos foram recuperados pelos voluntários, que transferiram "os restos mortais para o centro de medicina legal para a recolha" de ADN, antes de se registarem e enterrarem os corpos, segundo a mesma fonte.

Devido às condições marítimas mais favoráveis, milhares de imigrantes têm tentado, desde a primavera, atravessar o Mediterrâneo, arriscando as suas vidas.

O conselho local de Sabrata formou recentemente uma equipa de voluntários para recuperar os cadáveres de imigrantes que dão à costa e pediu aos habitantes que indiquem a presença de eventuais corpos nas praias.

O conselho municipal mostrou-se hoje preocupado com o facto de Sabrata se estar a tornar "um centro para o tráfico humano e a imigração clandestina".

O mesmo órgão pediu que o governo de unidade nacional líbio, apoiado pela comunidade internacional, assuma as suas responsabilidades "para acabar com esta tragédia humana", também insistindo que os países da União Europeia ajudem a Líbia a parar as ondas de imigração ilegal.

Desde 2014, mais de 10.000 imigrantes morreram ou desapareceram ao tentar chegar à Europa por mar, principalmente no Mediterrâneo central, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51