sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

EUA já acolheram 8.000 sírios e devem chegar aos 10.000 até outubro

© Marko Djurica / Reuters

Os Estados Unidos acolheram este ano 8.000 refugiados sírios, na sua maioria mulheres e crianças, e poderá chegar até 10.000 em outubro, mas também recusou a entrada a centenas, informaram fontes oficiais.

"Recebemos 8.000 refugiados sírios durante este ano e estamos convencidos que vamos chegar aos 10.000" nos próximos meses, disse a secretária adjunta de Estado para a População, Refugiados e Migração, Anne C. Richard, em conferência de imprensa.

Em setembro passado, Barack Obama prometeu acolher 10.000 refugiados sírios nos Estados Unidos durante o ano fiscal, que começou em outubro e termina em setembro.

O Governo norte-americano faz passar os pedidos de asilo por um longo e complicado processo, que resultou também na recusa de entrada para centenas de sírios, segundo o diretor dos Serviços de Imigração e Cidadania dos Estados Unidos, León Rodríguez.

Até agora, cerca de 80% dos sírios que pediram asilo nos Estados Unidos conseguiram, mas 7% viram o seu pedido recusado e outros 13% têm o processo a ser analisado.

Cerca de 78% dos 8.000 admitidos até ao momento são mulheres e crianças e os menores de 18 anos de idade representam 4.500 dos asilos concedidos.

A promessa de Barack Obama de acolher refugiados sírios gerou polémica nos Estados Unidos, onde muitos políticos republicanos manifestaram preocupação com a possibilidade daquelas pessoas planearem ataques terroristas, uma ideia levada ao extremo pelo candidato republicano às presidenciais, Donald Trump.

Lusa

  • "A Minha Outra Pátria": o drama da Venezuela no Jornal da Noite
    2:12

    Reportagem Especial

    Quase cinco mil emigrantes regressaram à Madeira nos últimos meses por causa da crise económica, social e política na Venezuela. Os pedidos de ajuda ao Governo Regional dispararam. Muitos luso-venezuelanos voltaram às origens com pouco mais do que a roupa do corpo. "A Minha Outra Pátria", Reportagem Especial de hoje.

  • Fogo na Sertã alastrou aos concelhos de Mação e Proença-a-Nova
    2:37

    País

    Mais de 700 bombeiros combatem o incêndio que começou este domingo na Sertã e, durante a noite foi empurrado pelo vento para outros dois concelhos. As chamas atingiram as zonas de Mação e de Proença-a-Nova, onde os habitantes dizem que há várias casas destruídas pelo fogo. Esta manhã, chegaram dois aviões espanhóis para ajudar a controlar as chamas.

  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24
  • Governo reconhece seca severa no continente desde 30 de junho

    País

    O Governo reconheceu, hoje, a existência de uma situação de seca severa no território continental, desde 30 de junho, que consubstancia um fenómeno climático adverso, com repercussões negativas na atividade agrícola, em despacho publicado hoje em Diário da República.

  • Produtores de maçã de Armamar dizem não ter recebido resposta do Ministério
    2:14

    País

    Os produtores de maçã de Armamar estão preocupados. Parte da produção foi destruída pelo mau tempo. Contudo, duas semanas depois, ainda não há resposta do Ministério da Agricultura aos pedidos de ajuda. Mais de 60 produtores com 800 hectares foram afetados e as árvores atingidas pelo granizo podem não conseguir produzir no próximo ano.

  • Pelo menos cinco feridos em ataque na cidade suíça de Schaffhausen

    Mundo

    Pelo menos cinco pessoas ficaram hoje feridas na sequência de um ataque, na cidade suíça de Schaffhausen. De acordo com as autoridades, as vítimas foram atacadas por um homem armado com uma motosserra, que está a ser procurado pela polícia. As autoridades descartaram a hipótese de "ato terrorista".

  • Oposição pressiona Maduro com anúncio de manifestações e greve geral
    1:34
  • Margem mínima de mil votos obriga a negociações intensas em Timor-Leste

    Mundo

    A Fretilin venceu sem maioria absoluta as lesgislativas para o VII Governo constitucional de Timor-Leste. De acordo com os dados oficiais, o partido de Mari Alkatiri obteve perto de 170 mil votos e conquistou 23 deputados. Já o partido de Xanana Gusmão que tinha vencido há cinco anos, ficou em segundo com 167 mil votos e 22 lugares no parlamento, num total de 65.