sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgatou 3.494 imigrantes durante missão na Grécia

A Polícia Marítima (PM) portuguesa resgatou 3.494 imigrantes e refugiados, durante os 11 meses de missão junto da ilha grega de Lesbos, integrada na missão "Frontex Poseidon Sea 2016" de controlo das fronteiras da União Europeia.

Segundo dados hoje divulgados pela Autoridade Marítima Nacional, a equipa da PM resgatou, desde 01 de outubro de 2015, em segurança e para terra, 3.494 imigrantes e refugiados, dos quais 864 bebés e crianças, que corriam risco de vida, e 758 mulheres.

Durante a missão, a PM portuguesa prestou apoio de primeiros socorros a 20 imigrantes e refugiados, tendo-lhes administrado oxigénio e, em quatro dos casos, manobras de suporte básico de vida.

A equipa apoiou igualmente imigrantes e refugiados com mantas térmicas, águas e bolachas, sempre que necessário.

De 01 de outubro de 2015 a 31 de agosto de 2016, a equipa realizou um total de 90 missões de busca e salvamento, deteve cinco facilitadores, recuperou cinco pessoas sem vida e apoiou mais de dez mil imigrantes/refugiados.

No total, efetuou 11.700 milhas náuticas e cumpriu 2031 horas de navegação.

Desde 28 de março que está também a operar uma Viatura de Vigilância Costeira (VVC), para reforçar a capacidade operacional da PM, ao garantir a vigilância costeira da área de operações em simultâneo e em coordenação com as embarcações TEJO e ARADE. A VVC efetuou já 946 horas de missão e controlou 1601 alvos.

A missão da PM, de controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas, tem essencialmente um carácter de busca e salvamento e de ajuda humanitária aos imigrantes e refugiados que diariamente cruzam as águas do mar Egeu, realizando a travessia em a Turquia e a Ilha de Lesbos.

A equipa da PM é composta por 11 Agentes da PM, 1 técnico para o apoio e a manutenção das embarcações e um técnico para a manutenção da componente elétrica e eletrónica da VVC.

A PM vai manter o apoio à guarda costeira grega até 30 de setembro próximo.

Lusa

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.