sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Polícia Marítima resgatou 3.494 imigrantes durante missão na Grécia

A Polícia Marítima (PM) portuguesa resgatou 3.494 imigrantes e refugiados, durante os 11 meses de missão junto da ilha grega de Lesbos, integrada na missão "Frontex Poseidon Sea 2016" de controlo das fronteiras da União Europeia.

Segundo dados hoje divulgados pela Autoridade Marítima Nacional, a equipa da PM resgatou, desde 01 de outubro de 2015, em segurança e para terra, 3.494 imigrantes e refugiados, dos quais 864 bebés e crianças, que corriam risco de vida, e 758 mulheres.

Durante a missão, a PM portuguesa prestou apoio de primeiros socorros a 20 imigrantes e refugiados, tendo-lhes administrado oxigénio e, em quatro dos casos, manobras de suporte básico de vida.

A equipa apoiou igualmente imigrantes e refugiados com mantas térmicas, águas e bolachas, sempre que necessário.

De 01 de outubro de 2015 a 31 de agosto de 2016, a equipa realizou um total de 90 missões de busca e salvamento, deteve cinco facilitadores, recuperou cinco pessoas sem vida e apoiou mais de dez mil imigrantes/refugiados.

No total, efetuou 11.700 milhas náuticas e cumpriu 2031 horas de navegação.

Desde 28 de março que está também a operar uma Viatura de Vigilância Costeira (VVC), para reforçar a capacidade operacional da PM, ao garantir a vigilância costeira da área de operações em simultâneo e em coordenação com as embarcações TEJO e ARADE. A VVC efetuou já 946 horas de missão e controlou 1601 alvos.

A missão da PM, de controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas, tem essencialmente um carácter de busca e salvamento e de ajuda humanitária aos imigrantes e refugiados que diariamente cruzam as águas do mar Egeu, realizando a travessia em a Turquia e a Ilha de Lesbos.

A equipa da PM é composta por 11 Agentes da PM, 1 técnico para o apoio e a manutenção das embarcações e um técnico para a manutenção da componente elétrica e eletrónica da VVC.

A PM vai manter o apoio à guarda costeira grega até 30 de setembro próximo.

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.