sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

GNR resgata 53 migrantes no mar Egeu

Militares da Unidade de Controlo Costeiro da GNR, em missão no mar Egeu, Grécia, resgataram no sábado 53 migrantes, incluindo 20 crianças e nove mulheres que atravessaram a fronteira greco-turca em barcos de borracha, informou esta terça-feira aquela força.

Segundo a GNR, os 53 migrantes, provenientes do Iraque, Síria, Paquistão, Etiópia, Republica Dominicana e Jordânia, foram entregues em segurança às autoridades gregas, sendo que dois deles foram identificados por serem os responsáveis pela travessia.

O resgate ocorreu durante uma ação de patrulhamento marítimo no mar Egeu, na qual a unidade de controlo costeiro da GNR detetou "uma embarcação frágil", com migrantes a bordo, a efetuar a travessia para alcançar território europeu.

Os militares da GNR estão em missão da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (FRONTEX) na ilha de Samos, Grécia, com o objetivo de prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e tráfico de droga, contribuindo ainda para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

Lusa

  • Autópsia à mulher baleada pela PSP contradiz agentes
    1:28

    País

    A mulher que morreu acidentalmente durante uma perseguição da PSP terá sido baleada no pescoço e o trio terá sido disparado por trás. Entretanto, segundo a imprensa, a PJ ainda não encontrou vestígios do tiroteio, entre os assaltantes do multibanco de Almada e a PSP.

  • Marinha dos EUA considera "absolutamente inaceitável" desenho de um pénis no céu

    Mundo

    Os cidadãos do Condado de Okanogan, em Washington, foram surpreendidos esta quinta-feira com o contorno de um pénis no céu. A imagem resultou de um rasto de condensação deixado por um avião militar norte-americano. A Marinha confirmou que um dos seus pilotos tinha desenhado a figura no ar e defendeu que a situação era "absolutamente inaceitável".