sicnot

Perfil

Refugiados na Europa

Refugiados na Europa

Crise Migratória na Europa

Bebé morre durante o caos de um resgate no Mediterrâneo

(Arquivo)

Hani Amara / Reuters

Um bebé eritreu de três meses morreu a bordo de um barco de apoio humanitário ao largo da Líbia. O mau tempo dificultou as operações de resgate e impediu a chegada de barcos com apoio médico.

Mais de 1.600 imigrantes foram resgatados desde terça-feira ao largo da Líbia, entre eles muitas mulheres e crianças. Algumas começaram a desembarcar na Sicília mas centenas de outras permanecem no mar.

Os barcos das ONG Proactiva Open Arms e Sea-Watch 3 não têm dado conta do trabalho perante o elevado número de pessoas. Os migrantes aguardam pela melhoria do tempo ao largo da costa da Tunísia.

Na terça-feira, uma mulher de 18 anos com a vida em perigo e o seu bebé de quatro dias foram resgatados de helicóptero. Mas na confusão desta difícil operação de salvamento, o médico responsável não detetou que entre os 28 bebés a bordo estava um eritreu de três meses, desnutrido e com febre alta. Morreu algumas horas depois.

A guarda-costeira italiana explicou à agência France Press que recebeu o pedido de socorro na quarta-feira e que foi enviado um barco nesse mesmo dia. No entanto, devido ao mau tempo, só chegou durante a madrugada.

"Haïd Aman tinha três meses. Morreu esta noite. Desolação, raiva, impotência... As palavras faltam para exprimir a dor devastadora de uma mãe e daqueles que nada podem fazer para impedir este enorme crime", escreveu a Proactiva Open Arms no Twitter.

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07