sicnot

Perfil

Crise no Sporting

Crise no Sporting

Crise no Sporting

GNR mobilizou "efetivo de mais de 100 militares" para Alcochete após o alerta do Sporting

LUSA

Os acontecimentos desta terça-feira, na Academia do Sporting em Alcochete, com jogadores e equipa técnica a serem alvo de agressões, levaram a GNR a divulgar um comunicado. De acordo com o documento, a direção do Sporting avisou a GNR, pelas 17h06, logo depois de um grupo de adeptos invadir as instalações. O alerta do clube, que se repetiu poucos minutos mais tarde perante o agravamento da situação, solicitava a presença da GNR, que acabou por mobilizar "um efetivo de mais de 100 militares". No total, foram detidos 23 suspeitos, refere o comunicado da GNR.

A GNR divulgou um esclarecimento sobre os acontecimentos de terça-feira à tarde na Academia do Sporting em Alcochete. No documento, são referidos os detalhes das horas dos contactos por parte do clube de Alvalade e as diligências tomadas pelas Guarda Nacional Republicana.

"As primeiras patrulhas da GNR chegaram às instalações da Academia às 17h20, que reagindo de imediato montaram barreiras policiais nas estradas de acesso às imediações da Academia, no sentido de detetar e deter eventuais suspeitos.

Momentos depois, foram detetadas três viaturas nas imediações, tendo uma delas quase abalroado a barragem montada e invertido a sua marcha, iniciando a fuga. Em ato contínuo, os militares iniciaram o seguimento das viaturas em fuga, tendo intercetado uma delas, abordado, revistado e detido cinco suspeitos.

Poucos momentos depois, com a chegada de mais meios da GNR, foram intercetadas mais quatro viaturas nas imediações, tendo os militares detido mais 18 suspeitos".

De acordo com o documento, foram também mobilizados "meios de Investigação Criminal iniciaram as necessárias diligências de preservação e recolha de prova, com recurso a especialistas forenses".

Os suspeitos foram levados para o posto da GNR de Alcochete e as vítimas e testemunhas encaminhadas para o destacamento territorial do Montijo.

"No total, foram detidos 23 suspeitos, apreendidas 5 viaturas ligeiras, vários artigos relacionados com os crimes e recolhidos depoimentos de 36 pessoas, entre jogadores, equipa técnica, funcionários e vigilantes ao serviço do clube".

"A GNR mobilizou um efetivo de mais de 100 militares, do comando territorial de Setúbal, da unidade de intervenção e da Direção de Investigação Criminal, tendo ainda sido apoiada, em matéria de informação criminal, pela Polícia Judiciária e polícia de segurança pública", esclarece o comunicado.

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC