sicnot

Perfil

Descarrilamento na Galiza

Descarrilamento na Galiza

Descarrilamento na Galiza

Doze feridos continuam internados mas não correm perigo

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, informou que 12 pessoas feridas no acidente desta sexta-feira do comboio Celta em Porriño, na Galiza, continuam hospitalizadas, mas sublinhou que nenhuma corre perigo de vida.

"O importante agora é que as pessoas feridas recuperem com a celeridade possível e que se possa restabelecer a circulação [ferroviária] com a maior celeridade", acrescentou Rajoy, durante uma visita ao local do acidente.

O líder do Governo espanhol apresentou ainda condolências aos familiares das quatro vítimas mortais, entre as quais um português, que era o maquinista do comboio.

Agradeceu também às organizações de socorro, que "em 12 minutos" já estavam no local.

Rajoy disse ainda esperar que a investigação ao acidente "diga exatamente o que aconteceu e quais foram as causas".

Segundo o vice-cônsul de Portugal na Galiza, Manuel Correia da Silva, três dos feridos são portugueses, mas dois já tiveram alta hospitalar.

Pelo menos quatro pessoas morreram e 49 ficaram feridas no descarrilamento do comboio em O Porriño, Pontevedra (Espanha), hoje de manhã, 09:25 locais (08:25 em Lisboa).

O comboio, com 63 passageiros, fazia o trajeto Vigo-Porto partilhado entre a CP portuguesa e a Renfe espanhola na linha conhecida com o nome "Celta", inaugurada em julho de 2013.

A câmara municipal de Vigo decretou três dias de luto oficial pelas vítimas do acidente ferroviário desta manhã perto da estação galega de O Porriño (Pontevedra, Espanha), pretendendo assim mostrar respeito da autarquia às pessoas envolvidas no desastre.

As bandeiras dos edifícios públicos da autarquia da maior cidade da Galiza vão estar durante os próximos três dias a meia haste em sinal de luto pelo descarrilamento que teve como consequência a morte de quatro pessoas e quase meia centena de feridos.

O presidente de câmara de Vigo, Abel Caballero, e a vice-presidente, Carmela Silva, devem ainda esta tarde dar mais informações sobre o acidente aos órgãos de comunicação social, segundo a EFE.

O Porriño está integrado na área metropolitana de Vigo, que inclui uma série de municípios dos arredores daquela cidade.

Com Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.