sicnot

Perfil

Descarrilamento na Galiza

Descarrilamento na Galiza

Descarrilamento na Galiza

Doze feridos continuam internados mas não correm perigo

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, informou que 12 pessoas feridas no acidente desta sexta-feira do comboio Celta em Porriño, na Galiza, continuam hospitalizadas, mas sublinhou que nenhuma corre perigo de vida.

"O importante agora é que as pessoas feridas recuperem com a celeridade possível e que se possa restabelecer a circulação [ferroviária] com a maior celeridade", acrescentou Rajoy, durante uma visita ao local do acidente.

O líder do Governo espanhol apresentou ainda condolências aos familiares das quatro vítimas mortais, entre as quais um português, que era o maquinista do comboio.

Agradeceu também às organizações de socorro, que "em 12 minutos" já estavam no local.

Rajoy disse ainda esperar que a investigação ao acidente "diga exatamente o que aconteceu e quais foram as causas".

Segundo o vice-cônsul de Portugal na Galiza, Manuel Correia da Silva, três dos feridos são portugueses, mas dois já tiveram alta hospitalar.

Pelo menos quatro pessoas morreram e 49 ficaram feridas no descarrilamento do comboio em O Porriño, Pontevedra (Espanha), hoje de manhã, 09:25 locais (08:25 em Lisboa).

O comboio, com 63 passageiros, fazia o trajeto Vigo-Porto partilhado entre a CP portuguesa e a Renfe espanhola na linha conhecida com o nome "Celta", inaugurada em julho de 2013.

A câmara municipal de Vigo decretou três dias de luto oficial pelas vítimas do acidente ferroviário desta manhã perto da estação galega de O Porriño (Pontevedra, Espanha), pretendendo assim mostrar respeito da autarquia às pessoas envolvidas no desastre.

As bandeiras dos edifícios públicos da autarquia da maior cidade da Galiza vão estar durante os próximos três dias a meia haste em sinal de luto pelo descarrilamento que teve como consequência a morte de quatro pessoas e quase meia centena de feridos.

O presidente de câmara de Vigo, Abel Caballero, e a vice-presidente, Carmela Silva, devem ainda esta tarde dar mais informações sobre o acidente aos órgãos de comunicação social, segundo a EFE.

O Porriño está integrado na área metropolitana de Vigo, que inclui uma série de municípios dos arredores daquela cidade.

Com Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.