sicnot

Perfil

Ébola

Ébola

Ébola

ONU e UA pedem mais doações para combater Ébola e recuperar países

A ONU e a União Africana (UA) pediram hoje mais doações para completar a batalha contra o vírus do Ébola na África Ocidental e apoiar a recuperação dos países afetados pela epidemia. 

© Eddie Keogh / Reuters

"Peço a todos para fazerem parte deste esforço histórico (...) e apoiarem os governantes e o povo da Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa a voltarem a um caminho de desenvolvimento sustentável", disse o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, na abertura de uma conferência internacional sobre o Ébola.

No encontro pretende-se conseguir 3.200 milhões de dólares (cerca de 2.900 milhões de euros) para os próximos dois anos, visando financiar a reconstrução dos sistemas de saúde e outros serviços públicos nos três países, cujas economias foram gravemente afetadas pela epidemia daquela febre hemorrágica.

"Este impacto negativo -- nas economias, meios de subsistência e, mais importante, nas vidas -- exige que a comunidade internacional continue a dar prioridade à recuperação, inclusivamente depois do desaparecimento da crise", assinalou.

O chefe de Estado do Zimbabué, que preside atualmente à UA, Robert Mugabe, pediu o cancelamento da dívida dos três países para que possam dirigir todos os seus recursos para a recuperação da doença e para garantir que não haverá novos surtos.

"Devemos recordar que enquanto o vírus do Ébola não estiver controlado na África Ocidental nenhuma parte do nosso mundo interligado estará segura", declarou Mugabe.

Tanto a ONU como a UA destacaram os grandes progressos obtidos na luta contra a doença, mas insistiram em que continuam a existir riscos, como mostra o aparecimento de novos casos na Libéria depois do país ter sido declarado livre do vírus pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em maio.

No total, desde que começou o surto em dezembro de 2013, foram registados mais de 27.500 casos de Ébola naqueles três países da África Ocidental, que causaram a morte de 11.246 pessoas, de acordo com os últimos dados da OMS.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.