sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Portais japoneses alvo de ataque de piratas que dizem ser do Estado Islâmico

Vários portais na Internet de empresas e organizações japonesas foram alvo de ataques, nos últimos dias, de piratas informáticos que dizem manter ligações com o Estado Islâmico (EI), grupo terrorista que executou dois cidadãos nipónicos.

Yoshihide Suga, ministro porta-voz do Governo (Reuters/ Arquivo)

Yoshihide Suga, ministro porta-voz do Governo (Reuters/ Arquivo)

© Toru Hanai / Reuters

Os ataques visaram oito páginas na Internet pertencentes a uma agência de viagens, a uma equipa de futebol de Tóquio ou a uma organização turística.

Os afetados pelo ataque explicaram à polícia japonesa que os seus portais estão agora ligados a imagens de uma bandeira que aparenta ser do grupo terrorista, acompanhadas pela frase "Atacado pelo Estado Islâmico".

O ministro porta-voz do Governo, Yoshihide Suga, disse em conferência de imprensa não ter sido ainda possível confirmar a identidade do autor ou autores do ataque, indicando que a polícia está a investigar o caso, de acordo com declarações citadas hoje pela agência noticiosa Kyodo.

Entre o final de janeiro e início de fevereiro, o grupo terrorista decapitou dois cidadãos japoneses sequestrados na Síria, numa aparente represália à ajuda económica do Japão aos países de zona que acolhem milhares de refugiados devido à guerra civil e aos avanços do próprio EI.


Lusa
  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.