sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Portais japoneses alvo de ataque de piratas que dizem ser do Estado Islâmico

Vários portais na Internet de empresas e organizações japonesas foram alvo de ataques, nos últimos dias, de piratas informáticos que dizem manter ligações com o Estado Islâmico (EI), grupo terrorista que executou dois cidadãos nipónicos.

Yoshihide Suga, ministro porta-voz do Governo (Reuters/ Arquivo)

Yoshihide Suga, ministro porta-voz do Governo (Reuters/ Arquivo)

© Toru Hanai / Reuters

Os ataques visaram oito páginas na Internet pertencentes a uma agência de viagens, a uma equipa de futebol de Tóquio ou a uma organização turística.

Os afetados pelo ataque explicaram à polícia japonesa que os seus portais estão agora ligados a imagens de uma bandeira que aparenta ser do grupo terrorista, acompanhadas pela frase "Atacado pelo Estado Islâmico".

O ministro porta-voz do Governo, Yoshihide Suga, disse em conferência de imprensa não ter sido ainda possível confirmar a identidade do autor ou autores do ataque, indicando que a polícia está a investigar o caso, de acordo com declarações citadas hoje pela agência noticiosa Kyodo.

Entre o final de janeiro e início de fevereiro, o grupo terrorista decapitou dois cidadãos japoneses sequestrados na Síria, numa aparente represália à ajuda económica do Japão aos países de zona que acolhem milhares de refugiados devido à guerra civil e aos avanços do próprio EI.


Lusa
  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.