sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Estado Islâmico executa 35 pessoas no Iraque

O grupo extremista Estado Islâmico executou 35 pessoas na província iraquiana de Al Anbar, entre polícias e familiares dos agentes, como mulheres e crianças, disse fonte policial.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Stringer . / Reuters

De acordo com a fonte da polícia local citada pela agência espanhola EFE, 18 das vítimas eram polícias e as restantes 17 pessoas eram familiares dos agentes.

Os polícias, que foram baleados até à morte, terão sido acusados pelo grupo Estado Islâmico de pertencer às forças governamentais, enquanto os seus familiares terão sido assassinados por ajudar e apoiar as forças do governo.

Depois desta execução na zona de Albu Farach, centenas de famílias abandonaram a zona com medo dos radicais do Estado Islâmico.

Vários líderes tribais da província iraquiana de Al Anbar avisaram para a possibilidade de o grupo autodenominado Estado Islâmico prosseguir com "matanças" caso o governo não envie reforços e armas para a região para deter os terroristas, que controlam já partes importantes desta zona do Iraque.

Na sexta-feira, o grupo Estado Islâmico lançou um ataque contra a zona de Albu Farach, separada de Ramadi pelo rio Eufrates, conseguindo tomar o controlo de amplas zonas, depois de intensos combates com as forças de segurança.


Lusa
  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.