sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Berlim enviará aviões reconhecimento para combater jihadistas na Síria

A Alemanha prevê enviar aviões de reconhecimento Tornado para apoiar o combate ao grupo extremista Estado Islâmico na Síria, disse hoje o porta-voz para a Defesa do grupo parlamentar dos conservadores alemães.

Aviões de reconhecimento Tornado da Alemanha.

Aviões de reconhecimento Tornado da Alemanha.

© Christian Charisius / Reuters

A chanceler alemã, Angela Merkel, prometeu na quarta-feira em Paris contribuir para o combate ao Estado Islâmico. Hoje reuniu os ministros do governo da área da Segurança e Defesa e, à tarde, reúne-se com os principais grupos parlamentares.

"A Alemanha vai ter um papel mais ativo", afirmou Henning Otte, porta-voz para a Defesa do grupo parlamentar da CDU/CSU (União Democrata-Cristã e União Social-Cristã da Baviera) num comunicado.

Até agora, o apoio da Alemanha à coligação internacional que combate os 'jihadistas' traduziu-se no fornecimento de armas e no treino das forças curdas iraquianas que combatem o Estado Islâmico.

"Não só vamos reforçar a missão de treino no norte do Iraque, como vamos aumentar a nossa contribuição para a luta contra o terrorismo do Estado Islâmico com, entre outros, Tornados RECCE de reconhecimento", precisou Otte.

Os grupos parlamentares da CDU/CSU e do Partido Social-Democrata (SPD), que integra a coligação governamental, vão reunir-se às 17:00 (16:00 em Lisboa) para discutir o apoio a França no combate ao grupo extremista.

A Alemanha do pós-guerra tem sido tradicionalmente relutante no envio de tropas para o estrangeiro, tendo apenas participado em missões da ONU nos Balcãs e na coligação da NATO no Afeganistão.

"O Estado Islâmico apenas pode ser derrotado militarmente, pelo que não se pode pôr nada de parte quando nos empenhamos na luta contra o terrorismo islamita", disse Otte, acrescentando que todos os pedidos da coligação que combate os 'jihadistas' e por França "têm de ser avaliadas com a mente aberta".

Lusa

  • "O Governo elegeu o PSD e o CDS-PP como uma espécie de forças do mal"
    1:06

    País

    Pedro Passos Coelho diz que seja quem for o próximo líder do PSD, dificilmente o "radicalismo" do Governo vai permitir que exista diálogo. Depois de António Costa ter dito que a relação com o PSD vai melhorar com a futura liderança, foi a vez de Passos afirmar que foi o Governo que encarou sempre a oposição como uma "força do mal".

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.

  • Panorama BBC revela e analisa documentos dos Paradise Papers
    2:22

    Mundo

    Depois dos Panama Papers chegaram os Paradise Papers, documentos revelados e analisados por dezenas de órgãos de imprensa mundial. Esta noite, na SIC Notícias, o Panorama BBC revela e analisa documentos relacionados com este processo.

    Hoje na SIC Notícias