sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh roubou "dezenas de milhares" de passaportes em branco na Síria

O Daesh terá roubado "dezenas de milhares" de passaportes em branco na Síria, que poderiam ser usados por falsos refugiados para chegar à Europa, segundo os serviços de informação ocidentais, divulgou o jornal Welt am Sonntag.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Carlos Jasso / Reuters

Na Síria e no Iraque - países em que grandes áreas estão sob o domínio do Daesh - e na Líbia, o Daesh assumiu o controlo da administração pública e apoderou-se do material que estava nos edifícios, de acordo com o jornal alemão.

Assim, tem os passaportes e as máquinas necessárias para a produção destes documentos de identificação.

A organização vende os passaportes no mercado negro a preços entre 1.000 e 1.500 euros, segundo os serviços de informação, citados pelo jornal.

Os serviços de informação ocidentais admitem que os jihadistas utilizam também esses documentos de identidade para entrar na Europa.

Nos atentados de 13 de novembro na França, dois bombistas suicidas -- que se fizeram explodir nos arredores do Estádio de França - tinham apresentado passaportes sírios na Grécia, quando entraram na Europa em outubro.

O Governo alemão indicou, na semana passada, que a proporção de refugiados que entraram no país com papéis falsos sírios foi inferior aos 30% relatados pelo ministério do Interior em setembro.

Lusa

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • "Teria sido muito mais fácil para mim, perante as dificuldades, demitir-me"
    0:31
  • Governo cria fundo de apoio para as pessoas afetadas pelos incêndios
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O ministro do Planeamento e Infraestruturas reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas de Figueró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão  Grande. O Governo criou um fundo financeiro, com o contributo dos portugueses, para apoiar a reconstrução das habitações e a vida das pessoas afetadas pelos incêndios que lavram desde sábado. O fundo será aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros.

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC