sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh perdeu um terço do território no Iraque e Síria

O Daesh perdeu cerca de um terço do território que controlava no Iraque e na Síria, segundo informação divulgada hoje pela coligação liderada pelos Estados Unidos.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

No Iraque, a perda de território ocupado pelo Daesh "é de cerca de 40%", revelou o coronel Steve Warren, porta-voz da coligação internacional que leva a cabo ataques aéreos diários contra a organização extremista e providencia treino e armas para que forças locais combatam o grupo.

"Na Síria ... pensamos que [a perda] é em torno de 20%", acrescentou Warren, segundo o qual, considerando os dois países, a organização perdeu "30% do território" total que chegou a ocupar.

Quando o tamanho do alegado califado que o Daesh proclamou há ano e meio estava no seu máximo, o Iraque tinha uma área ocupada ligeiramente superior à da Síria.

Desde que assumiu o controlo de Ramadi, no Iraque, e de Palmira, na Síria, em maio passado, o Daesh tem vindo a recuar, com diversas forças iraquianas a recuperarem os principais centros urbanos, incluindo Ramadi, na semana passada.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49