sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Atacante morto em Paris terá jurado "obediência" ao grupo Daesh

O homem abatido esta manhã em Paris frente a uma esquadra da polícia já foi identificado e terá jurado "obediência" ao grupo 'jihadista' Daesh, referiram fontes da investigação citadas pela agência noticiosa AFP.

© Charles Platiau / Reuters

De acordo com os responsáveis pelo inquérito, o atacante trazia consigo um papel que mencionava, em árabe, a sua "obediência" ao chefe do grupo 'jihadista', Abou Bakr al-Baghdadi, justificando o seu ato como uma vingança pelos "ataques na Síria".

Antes desta revelação, o procurador de Paris tinha já indicado que no referido papel figurava uma bandeira do Daesh e "uma reivindicação manuscrita inequívoca em árabe".

Os mesmos responsáveis referiram que o atacante também é conhecido dos serviços policiais por um caso de roubo ocorrido em 2013 no sul de França.

No momento em que decorreram estes factos, o homem identificou-se como Sallah Ali, nascido em 1955 em Casablanca, Marrocos, e sem residência fixa. As suas impressões digitais ficaram desde então registadas no Ficheiro Automatizado das Impressões Digitais (FAED), ainda segundo responsáveis pelo inquérito.

O homem foi abatido em frente da esquadra de polícia do bairro parisiense de Goutte D'Or quando tentou entrar nas instalações.

O Ministério Público tinha confirmado anteriormente relatos de testemunhas segundo os quais o atacante gritou "Allahu Akbar" (Alá é grande), que estava armado com uma faca e envergava um falso colete de explosivos.

O incidente ocorreu no dia do primeiro aniversário do ataque à redação do jornal satírico Charlie Hebdo.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.