sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Número de francesas que se juntaram ao Daesh subiu para 220 em 2015

O número de francesas que se juntaram ao grupo extremista Estado Islâmico no Iraque e na Síria subiu, nos últimos meses, a um ritmo muito superior ao dos homens, contabilizando-se 220 em 2015, segundo os serviços secretos.

© Murad Sezer / Reuters

Este aumento torna-se evidente quando comparado com as 164 mulheres francesas registadas em setembro passado junto do grupo terrorista, indica a rádio France Info, citando o relatório.

Tendo em conta que os serviços secretos franceses contabilizaram, no total, 600 pessoas de nacionalidade francesa que se deslocaram à Síria e ao Iraque, recrutados pelo Estado Islâmico, a percentagem de mulheres subiu para 35% face aos 10% de 2013.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.