sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Síria diz que Daesh executou 280 civis e raptou 400 em cidade do leste

O grupo extremista Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) matou no sábado 280 civis apoiantes do Governo sírio em Deir al Zor, uma cidade do leste do país, revelou a agência oficial da Síria (SANA), citando fontes oficiais. O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, uma organização não-governamental, diz que da mesma cidade foram raptados cerca de 400 civis.

Raqqa, junho de 2014.

Raqqa, junho de 2014.

© Stringer . / Reuters

Segundo a agência SANA, os "terroristas executaram 280 pessoas, incluindo várias dezenas de crianças e mulheres", na zona de Al Bagaliye, em Deir al Zor, naquilo a que as fontes citadas pela SNA classificam como uma "atrocidade repugnante".

Já a organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos revelou que os jihadistas do Daesh mataram na mesma zona pelo menos 135 pessoas, incluindo 50 elementos das forças armadas e milícias pró-governo e 85 civis, familiares de combatentes leais ao regime do Presidente Bachar al Asad.

Segundo a SANA, a maioria dos civis executados pelo Daesh eram familiares de soldados destacados em Deir al Zur, controlada quase totalmente pelos jihadistas.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.