sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Síria diz que Daesh executou 280 civis e raptou 400 em cidade do leste

O grupo extremista Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) matou no sábado 280 civis apoiantes do Governo sírio em Deir al Zor, uma cidade do leste do país, revelou a agência oficial da Síria (SANA), citando fontes oficiais. O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, uma organização não-governamental, diz que da mesma cidade foram raptados cerca de 400 civis.

Raqqa, junho de 2014.

Raqqa, junho de 2014.

© Stringer . / Reuters

Segundo a agência SANA, os "terroristas executaram 280 pessoas, incluindo várias dezenas de crianças e mulheres", na zona de Al Bagaliye, em Deir al Zor, naquilo a que as fontes citadas pela SNA classificam como uma "atrocidade repugnante".

Já a organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos revelou que os jihadistas do Daesh mataram na mesma zona pelo menos 135 pessoas, incluindo 50 elementos das forças armadas e milícias pró-governo e 85 civis, familiares de combatentes leais ao regime do Presidente Bachar al Asad.

Segundo a SANA, a maioria dos civis executados pelo Daesh eram familiares de soldados destacados em Deir al Zur, controlada quase totalmente pelos jihadistas.

  • Milhares protestam contra Donald Trump no Dia do Presidente
    1:55

    Mundo

    Milhares de pessoas voltaram a protestar contra Donald Trump, nos Estados Unidos da América. As marchas em várias cidades aconteceram no feriado que assinala o Dia do Presidente. Os manifestantes exigiram a destituição do chefe de Estado.

  • O mistério da morte do meio irmão de Kim Jong-un
    2:32
  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Homens e mulheres nas tarefas domésticas
    2:09

    País

    Nas gerações mais novas, já há sinais de mudança na divisão e partilha de tarefas em casa. No entanto, entre os mais velhos, as tarefas de casa são quase sempre obrigação da mulher. A igualdade entre homens e mulheres é ainda miragem dentro de casa e em termos de salários.