sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Obama compromete-se a combater o Daesh na Líbia

O Presidente norte-americano, Barack Obama, garantiu hoje que os Estados Unidos vão combater o Daesh noutros países além da Síria e do Iraque, se necessário, salientando o crescente foco na Líbia.

© Kevin Lamarque / Reuters

Obama convocou o Conselho de Segurança Nacional para discutir a situação na Líbia, devido aos receios de que um vazio de governação no país norte-africano o torne vulnerável à presença do Daesh.

"O Presidente enfatizou que os Estados Unidos vão continuar a combater terroristas do Daesh em todos os países que seja necessário", disse a Casa Branca após o encontro.

"O Presidente direcionou a sua equipa de segurança nacional para continuar os seus trabalhos de fortalecimento da governação e de contínuos esforços de combate ao terrorismo na Líbia e noutros países onde o Daesh tem procurado estabelecer presença", acrescentou.

A Líbia atravessa um período de instabilidade e violência desde que o ditador Moamer Kadhafi foi deposto, em 2011.

O país tem atualmente dois governos e dois parlamentos, com as autoridades reconhecidas baseadas na cidade de Tobruk e as apoiadas pelas milícias em Tripoli.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.