sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Coligação internacional vai acelerar ação contra o Daesh na Síria e Iraque

Washington e aliados decidiram hoje "acelerar e intensificar" a luta contra o Daesh na Síria e no Iraque, sem incluir medidas para travar a expansão do grupo extremista na Líbia.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Num encontro em Roma, ministros dos 23 países que integram a coligação, liderada pelos Estados Unidos, de combate ao Daesh afirmaram que estão a ser feitos progressos contra o Daesh na Síria e no Iraque e contra as suas fontes de financiamento e de energia.

"Vamos intensificar e acelerar a campanha contra o EI (Estado Islâmico) no Iraque e na Síria, atuar concertadamente para travar as suas ambições globais e tomar todas as medidas necessárias para garantir a proteção dos nossos cidadãos", de acordo com uma declaração conjunta.

"Vamos reafirmar o nosso compromisso de derrotar permanentemente esta organização bárbara", sublinharam.

Na declaração, os 23 responsáveis manifestaram preocupação "pela influência crescente" do Daesh na Líbia, mas limitaram-se a afirmar que os aliados vão "continuar a vigiar atentamente os desenvolvimentos no terreno e prontos para apoiar" o futuro governo de união.

Na abertura da reunião, o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano, Paolo Gentiloni, e o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, declararam que o Daesh se está a adaptar à pressão no seu território e a redirecionar os seus esforços para a Líbia e para ataques como os de Paris, Ancara e San Bernardino (Califórnia).

"Não estamos aqui para nos gabar de coisa alguma", advertiu Kerry, depois de afirmar que o Daesh perdeu 40% do território iraquiano e 20% na Síria.

"Se alguma coisa, precisamos de ser mais cautelosos e atentos porque sabemos que quanto mais o EI for atacado nos seus territórios principais, mais tentado fica para continuar as suas atividades terroristas noutro local", acrescentou Gentiloni.

"Estamos a testemunhar uma renovação de atividades na Líbia e na África subsaariana", disse.

No âmbito da coligação, a Itália assumiu a liderança do planeamento das ações contra a ameaça do Daesh, que se encontra a uma curta viagem de barco da costa sul, na e aos arredores da cidade costeira líbia de Sirte.

Com Lusa

  • "Só tive tempo de avisar o meu sogro e o meu marido e disse: corram!"
    2:17
  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • "Atrás das Câmaras" em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC