sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pelo menos 28 elementos do Daesh mortos em combates na Líbia

Pelo menos 28 membros do braço líbio do Daesh morreram hoje em ataques contra milícias encarregadas de proteger as instalações petrolíferas de Al Bariga, cidade que fica 790 quilómetros a este de Trípoli.

(Arquivo)

(Arquivo)

STR

Três elementos do corpo de segurança das instalações foram feridos durante os combates, que foram "muito violentos" e nos quais ambas as partes utilizaram armamento pesado, disseram à EFE fontes da petrolífera.

Os complexos petrolíferos na parte oriental da Líbia continuam a ser objeto de intensa disputa entre milícias e jihadistas do Daesh, que tentam há vários meses tomar o controlo de recursos estratégicos.

A Líbia é um estado falido, vítima do caos e da guerra civil, desde que, em 2011, a comunidade internacional decidiu apoiar militarmente a revolta contra a ditadura de Muammar Kadhafi, que caiu nesse ano.

Desde há cerca de um mês, o país vive uma situação política confusa, com um governo de unidade nacional instalado em Trípoli, que não conta com legitimidade interna, um parlamento reconhecido internacionalmente em Tobruk, que se nega a apoiar o governo, e uma liderança cessante e rebelde na capital, que ainda conserva o seu poder militar.

Quem aproveita este caos político são os grupos jihadistas vinculados ao Daesh e à Al Qaeda no Magreb islâmico, que têm ganhado terreno e expandido a sua influência ao resto do norte de áfrica.

Entretanto, no Bangladesh, o braço local do Daesh reivindicou o assassinato à machadada de um professor universitário, de acordo com um relato da polícia à agência France Presse.

O grupo jihadista reclamou a autoria do crime, acusando o professor de apelar ao ateísmo.

O professor, Rezaul Karim Siddique, de 58 anos, estava envolvido em programas culturais, incluindo música, e criou uma escola de música em Bagmara, um antigo bastião de um grupo jihadista denominado, Jamayetul Mujahideen Bangladesh (JMB).

"O ataque foi semelhante aos levados a cabo contra bloggers ateus no passado recente", indicou à AFP um subcomissário da polícia local. Ainda ninguém foi detido.

Com Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.