sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh reivindica atentado que matou 8 polícias no sul do Cairo

O ramo egípcio do grupo radical Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) assumiu, na sua conta na rede social Twitter, a morte dos oito polícias nos arredores do Cairo.

Reuters TV

Este movimento radical egípcio que prometeu lealdade ao Daesh em novembro de 2014, já reivindicou a maioria dos ataques e atentados que causaram centenas de mortes entre polícias e soldados no Egito ao longo dos últimos três anos.

Uma unidade das tropas do Califado atacou uma carrinha que transportava oito polícias em Helwan e "matou todos", referiu o "Daesh do Egito" numa das suas contas no Twitter.

Afirmou ainda ter vingado as "mulheres puras mantidas em prisões pelos apóstatas".

Durante a noite, homens armados não identificados abriram fogo contra uma carrinha que transportava oito agentes à paisana da polícia, incluindo um tenente, matando todos, em Helwan, um subúrbio a sul do Cairo, de acordo com o Ministério do Interior.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".