sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh reivindica atentado que matou 8 polícias no sul do Cairo

O ramo egípcio do grupo radical Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) assumiu, na sua conta na rede social Twitter, a morte dos oito polícias nos arredores do Cairo.

Reuters TV

Este movimento radical egípcio que prometeu lealdade ao Daesh em novembro de 2014, já reivindicou a maioria dos ataques e atentados que causaram centenas de mortes entre polícias e soldados no Egito ao longo dos últimos três anos.

Uma unidade das tropas do Califado atacou uma carrinha que transportava oito polícias em Helwan e "matou todos", referiu o "Daesh do Egito" numa das suas contas no Twitter.

Afirmou ainda ter vingado as "mulheres puras mantidas em prisões pelos apóstatas".

Durante a noite, homens armados não identificados abriram fogo contra uma carrinha que transportava oito agentes à paisana da polícia, incluindo um tenente, matando todos, em Helwan, um subúrbio a sul do Cairo, de acordo com o Ministério do Interior.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08