sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh provoca fortes explosões num campo de gás na Síria

O Observatório Sírio de Direitos Humanos indicou que fortes explosões ocorreram hoje num campo de gás no centro da Síria, alegando que foram causadas pelo grupo extremista Daesh, que controla aquela zona.

(Arquivo)

(Arquivo)

STR

O campo de gás Chaer, um dos maiores da província de Homs, no centro da Síria, foi palco de violentos combates entre o Daesh e forças pró-governo.

"Na segunda-feira, registaram-se três grandes explosões provocadas pelo EI", disse Rami Abdel Rahman, presidente do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), desconhecendo-se se há vítimas.

Segundo informações publicadas ma rede social Twitter, as explosões atingiram a antiga cidade de Palmira, localizada a cerca de 50 quilómetros de Chaer e recuperada pelo exército sírio ao Daesh no final de março.

A agência de notícias síria SANA indicou hoje que as forças do governo tinham tomado uma colina a oeste do campo de gás, mas não relatou a existência de explosões.

Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.