sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Exército iraquiano mata 35 membros do Daesh

Pelo menos 35 membros do Daesh morreram hoje num ataque do exército iraquiano em resposta à ofensiva lançada pelo grupo terrorista à cidade de Hit, localizada na província oriental de Al Anbar, no Iraque, informou fonte policial.

© Thaier Al-Sudani / Reuters

Dezenas de combatentes do Daesh, entre eles oito suicidas que usavam cintos com explosivos, atacaram Hit, mas acabaram cercados pelas tropas iraquianas no centro da cidade.

Fonte policial citada pela agência Efe adiantou que, após os confrontos entre as duas partes, a calma voltou à cidade de Hit, com as forças governamentais a controlar a zona.

As tropas, apoiadas por milícias sunitas locais, conseguiram ganhar o domínio da cidade, localizada no oeste do Al Anbar, onde o Daesh tem uma presença notável.

No sábado, o exército iraquiano anunciou que pelo menos 110 elementos do grupo extremista foram mortos e mais 20 foram feridos no âmbito da operação na cidade de Fallujah, a segunda maior de Al Anbar, operação que obrigou à evacuação de mais de 2.000 pessoas.

As forças iraquianas lançaram na segunda-feira uma grande operação para recuperar a cidade a 50 quilómetros de Bagdade, controlada desde janeiro de 2014 pelo Daesh.

Entre 500 e mil combatentes do grupo extremista protegem Fallujah, onde vivem cerca de 50.000 civis, que estão proibidos de sair da cidade, apesar de centenas já terem conseguido fugir com apoio das forças do Governo iraquiano.

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.