sicnot

Perfil

Daesh

Daesh reinvidica atentado em igreja francesa

Daesh reinvidica atentado em igreja francesa

Os dois homens que hoje fizeram reféns numa igreja em França afirmaram pertencer ao Daesh. No seu órgão de propaganda oficial, o autoproclamado Estado Islâmico também já reivindicou o ataque. Armados com facas, mataram um padre e deixaram outro refém entre a vida e a morte, em Saint-Etienne du Rouvray, na Normandia. Os dois foram abatidos pela unidade de intervenção da polícia francesa.

  • Hollande associa tomada de reféns ao Daesh
    0:43

    Mundo

    François Hollande avisa os franceses que a ameaça terrorista que paira sobre o país mantém-se elevada e assim vai continuar. Em Saint-Etienne-du-Rouvray, onde dois homens foram abatidos após um sequestro numa igreja, o Presidente de França promete apenas fazer tudo para combater o autoproclamado Estado Islâmico, pedindo à população para que não se deixe dividir.

  • Sequestro em França termina com raptores abatidos e um refém morto

    Mundo

    Dois homens armados com facas fizeram hoje cinco reféns numa igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray, na região francesa da Normandia. Os sequestradores acabaram por ser abatidos pela polícia. Um dos reféns, padre, morreu e outro está gravemente ferido. O Presidente francês diz que o Daesh é o responsável pelo ataque.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.