sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pelo menos 45.000 combatentes do Daesh mortos no Iraque e Síria

Pelo menos 45.000 jihadistas foram mortos no Iraque e na Síria desde que os Estados Unidos da América iniciaram, há dois anos, a operação para combater o Daesh, disse esta quarta-feira um general norte-americano.

"Estimamos que durante os últimos 11 meses tenham morrido cerca de 25.000 combatentes inimigos. Acrescentados aos 20.000 mortos anteriormente, são 45.000 inimigos retirados do campo de batalha", afirmou o tenente-general Sean MacFarland, que comanda a coligação, liderada pelos Estados Unidos da América, contra o grupo extremista.

Sean MacFarland disse que atualmente o Daesh deverá ter uma força entre 15.000 e 30.000 combatentes, mas sublinhou que o grupo extremista está a ter dificuldades em angariar novos elementos para as suas fileiras.

"O número de combatentes na linha da frente diminuiu. Diminuíram não só em quantidade, mas também em qualidade. Não estão a atuar de uma forma tão eficaz como no passado, o que os torna um alvo mais fácil", afirmou o tenente-general, que falava aos jornalistas através de videoconferência em Bagdad.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.