sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Rebeldes apoiados pela Turquia tomaram Jarablos ao Daesh

Rebeldes sírios apoiados por forças aéreas e terrestres da Turquia tomaram esta quarta-feira ao Daesh a cidade de Jarablos, junto à fronteira turca, segundo grupos da oposição e uma ONG.

"Jarablos foi completamente libertada", disse à agência France-Presse Ahmad Othman, comandante do grupo rebelde Sultan Mourad, que participou na ofensiva lançada pela Turquia antes do amanhecer.

Um porta-voz de outro grupo rebelde, Nureddin al-Zinki, confirmou a tomada da cidade e afirmou que os combatentes do grupo 'jihadista' retiraram na direção de Al-Bab, localidade controlada pelo Daesh a sudoeste de Jarablos.

A organização não-governamental (ONG) Observatório Sírio dos Direitos Humanos confirmou a tomada de Jarablos, precisando que os 'jihadistas' ofereceram "muito pouca resistência".

O exército turco, apoiado pelas forças da coligação internacional que combate os 'jihadistas', lançou antes do amanhecer a operação "Escudo do Eufrates", com aviões de combate, tanques e tropas especiais, para expulsar o Daesh de Jarablos.

A operação foi considerada por especialistas como a maior lançada pela Turquia em território sírio desde o início do conflito sírio, em 2011.

O anúncio da tomada de Jarablos foi feito cerca de 14 horas depois do início da operação, às 04:00 locais (02:00 em Lisboa).

Com Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".