sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Erdogan diz que Turquia luta contra jihadistas e curdos com "a mesma determinação"

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, assegurou este domingo que Ancara irá combater com a mesma energia o Daesh e os combatentes curdos-sírios.

Erdogan falava num comício na cidade de Gaziantep (sul da Turquia), ao quinto dia da ofensiva turca na Síria que já fez dezenas de mortos.

"Vamos contribuir para retirar o Daesh [acrónimo árabe do grupo "jihadista" Estado Islâmico] da Síria", afirmou.

"Para o Partido da União Democrática Curda (PYD) teremos a mesma determinação", referiu o chefe de Estado turco em Gaziantep, cidade perto da fronteira síria onde ocorreu há uma semana um ataque contra um casamento que provocou 55 mortos.

O governo de Ancara acusa o PYD, a principal milícia curda na Síria, de organizar ataques em território turco em colaboração com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), movimento dos rebeldes separatistas curdos que Ancara qualifica como uma organização terrorista.

"Não vamos aceitar nenhuma atividade terrorista dentro, ou perto, das nossas fronteiras", insistiu o Presidente turco.

Ancara lançou na madrugada de quarta-feira a operação "Escudo do Eufrates" em território sírio que visa simultaneamente o grupo extremista Estado Islâmico e os curdos, quer do Partido da União Democrática Curda (PYD), quer da milícia Unidades de Proteção do Povo (YPG).

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.