sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Porta-aviões francês inicia operações de combate contra o Daesh

Aviões de combate descolaram hoje do porta-aviões francês Charles de Gaulle para operações contra o grupo extremista Daesh na batalha pela tomada de Mossul, bastião dos jihadistas no Iraque, anunciou um oficial a bordo.

Oito aviões de caça Rafale partiram pelas 08:00 (06:00 em Lisboa) do navio destacado no Mediterrâneo oriental, constatou um fotógrafo da agência AFP.

Trata-se da terceira missão do Charles de Gaulle no âmbito da coligação internacional contra o Daesh, liderada pelos Estados Unidos, desde fevereiro de 2015.

Lusa

  • Autoridades espanholas, belgas e alemãs detêm cinco pessoas suspeitas de ligações ao Daesh
    0:23

    Daesh

    As autoridades espanholas, belgas e alemãs detiveram esta quarta-feira 5 pessoas suspeitas de terrorismo. Alegadamente formariam uma célula que tinha por objetivo fazer propaganda e recrutar militantes para o Daesh. As detenções aconteceram em Barcelona, Melilla, Bruxelas e na cidade alemã de Wupertal. O coordenador da luta antiterrorista da União Europeia, Gilles de Kerchove, diz que estas detenções revelam o quanto melhorou nos últimos meses a partilha de informações entre os estados europeus.

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.